Um dos aviões mais únicos do mundo transformado em atração pública

ANÚNCIO

Um dos aviões mais exclusivos do mundo – o russo MD-160, também conhecido como ‘Ekranoplan’, também conhecido como ‘Utka’ – foi transportado para Derbent, Daguestão, para se tornar uma atração turística.

O MD-160 no estilo Star Wars foi projetado em 1975 e usado pelas marinhas soviética e russa a partir de 1987, durante os estágios finais da Guerra Fria.

ANÚNCIO

Após sua aposentadoria no final dos anos 90, o navio foi deixado na base naval não utilizada de Kaspiysk. Isto é, até o mês passado, quando o veículo foi rebocado pelo Mar Cáspio em uma viagem de 14 horas da base naval até Derbent.

A incrível aeronave deverá ser exibida no Parque Patriot, na república semi-autônoma do Daguestão, na Rússia, quando for aberta ao público ainda este ano.

Um dos aviões mais únicos do mundo transformado em atração pública
Foto: (Lana Sator/WENN)

Apesar de parecer um avião, o modelo Ekranoplan da classe Lun se enquadra na categoria de ‘efeito solo’, tornando-se uma tecnologia distinta que a Organização Marítima Internacional classifica como navios marítimos.

ANÚNCIO

Um veículo de efeito solo é aquele que é projetado para atingir um vôo sustentado sobre uma superfície nivelada (geralmente sobre o mar), fazendo uso da interação aerodinâmica entre as asas e a superfície.

Ele usou uma almofada de ar sob suas asas para acelerar acima da superfície do mar a 13 pés, tornando-o essencialmente como um barco voador e muito difícil para o inimigo detectar.

O MD-160 é o único modelo desse tipo a ser completado e equipado com mísseis supersônicos que matam porta-aviões.

Um dos aviões mais únicos do mundo transformado em atração pública
Foto: (Lana Sator/WENN)

Não é nenhuma surpresa que as autoridades de inteligência dos EUA tenham feito algumas pesquisas no veículo, o que levou à descoberta de um documento secreto que detalhava as funções dos WIGs.

Isso incluía detalhes de design, com afirmações de que o MD-160 foi feito “para voar a velocidades de 200 a 250 nós a cerca de 5 a 10 metros acima da superfície da água”.

Funcionários da CIA acrescentaram: “A WIG da classe Utka é um veículo de ataque tático e de defesa costeira para a Marinha soviética. Carrega seis mísseis de cruzeiro supersônicos SS-N-22 anti-navio.”

“O Utka pode engajar navios inimigos em seu horizonte de radar (cerca de 35 quilômetros), mas pode disparar o SS-N-22 até o alcance de 100 quilômetros do míssil com alvos além do horizonte dados.”

Um dos aviões mais únicos do mundo transformado em atração pública
Foto: (Lana Sator/WENN)

“O Utka é maior do que um avião a jato Boeing 747 dos EUA e voa a cerca de 250 nós. Um Utka foi construído.”

“Acreditamos que uma força de ataque Utka ou uma força de defesa costeira daria aos soviéticos uma capacidade de reação rápida contra os combatentes de superfície.”

“No entanto, a menos que o Utka possa surgir fora do efeito solo para estender seu horizonte de radar, ele exigirá fontes externas de informações de alvos.”

Embora um segundo modelo tenha sido construído, ele não saiu de Kaspiysk e, após o colapso da União Soviética, os planos de construir mais sete foram descartados.

Traduzido e adaptado por equipe O Mapa da Mina.

Fonte: LAD Bible

ANÚNCIO