Analisando bilheteria da Mulher Maravilha 1984, agora que filme já saiu há um mês

A bilheteria não é algo a que damos tanta atenção hoje em dia. Quando foi a última vez que você foi a um cinema para ver um filme no fim de semana de abertura? 

Ainda estamos descobrindo como colocar multidões de volta nas salas de cinema com segurança, e os grandes blockbusters estão experimentando novas avenidas para conseguir longas em frente ao público. 

Mulher Maravilha 1984, de Patty Jenkins, é um desses exemplos, uma sequência que sofreu inúmeros atrasos antes de se tornar um dos primeiros filmes da Warner Bros. a tentar um lançamento experimental ao mesmo tempo nas cinemas, e na na HBO Max. 

Depois de um mês, como está indo Mulher Maravilha 1984 na bilheteria?

Analisando bilheteria da Mulher Maravilha 1984, agora que filme já saiu há um mês
Foto: (reprodução/internet)

Este último fim de semana foi o primeiro desde o lançamento que Mulher Maravilha 1984 não conseguiu a vaga número um nos gráficos de bilheteria, de acordo com o The Hollywood Reporter. 

O novo filme de Liam Neeson, The Marksman, ganhou cerca de 3,7 milhões de dólares sobre o quadro de quatro dias de Martin Luther King Jr. Day, bom o suficiente para derrubar a sequência Mulher Maravilha do poleiro. 

Mulher Maravilha 1984 ganhou US$ 2,6 milhões no mesmo período de quatro dias, bom para um terceiro lugar atrás do animado Os Croods: Uma Nova Era.

Analisando bilheteria da Mulher Maravilha 1984, agora que filme já saiu há um mês
Foto: (reprodução/internet)

Mas a Mulher Maravilha 1984 desfrutou de uma verdadeira falta de competição nos teatros durante este último mês. Tampouco fez tanta diferença nos números que a sequência de Gal Gadot estava puxando na bilheteria, embora o recurso da DC Films também estivesse disponível na HBO Max para aqueles que se inscreveram.

O total bruto ganho por Mulher Maravilha 1984 fica em US $ 35,8 milhões de dólares, desde o lançamento do filme no dia de Natal. 

Em circunstâncias normais, uma sequência de Mulher Maravilha teria sido esperada para ganhar essa quantia em um dia. Na verdade, o primeiro Mulher Maravilha de Patty Jenkins ganhou US $ 38,2 milhões em seu dia de abertura em 2 de junho de 2017. A original ganhou mais em um dia do que a sequência ganhou até hoje.

Convenhamos, estamos no meio de uma pandemia. Mas esses totais podem dizer a um estúdio quanto tempo eles têm que fazer um orçamento para ganhar de volta o dinheiro gasto no tempo de capacidade limitada e incerteza do público, em relação a um retorno ao teatro para ver um sucesso de bilheteria. 

Fique por dentro: Mulher Maravilha 1984 foi um sucesso para HBO Max? Entenda porque os números são complicados

O que estes dados dizem de verdade?

Analisando bilheteria da Mulher Maravilha 1984, agora que filme já saiu há um mês
Foto: (reprodução/internet)

Estes dados podem dizer a um estúdio quantos membros do público estão satisfeitos em assistir uma nova adaptação de quadrinhos em casa no serviço de streaming da HBO Max, e quantos estão dispostos a sair e ver um filme na tela grande.

Mulher Maravilha 1984 é uma indicação mais clara do interesse do público do que era o Tenet de Christopher Nolan. O thriller de Nolan foi uma venda difícil, mesmo em perfeitas condições. Uma sequência de MM atrai praticamente a todos. 

Para comparar, porém, Tenet abriu para US $ 20,2 milhões de dólares, e eventualmente atingiu US $ 305 milhões em todo o mundo. A Mulher Maravilha 1984 precisaria ficar nos cinemas por meses para atingir esses níveis.

Até agora, Mulher Maravilha 1984 tem tido um desempenho melhor no exterior, adicionando mais US $ 105 milhões ao seu valor bruto para um volume mundial de US $ 141,7 milhões. 

Conclusão

Não é ótimo, pelos padrões normais da indústria, mas em uma época de desordem nos cinemas do mundo e dos estúdios tentando encontrar um caminho, esses totais pelo menos enviam a mensagem de que algumas plateias querem voltar a ver filmes na tela grande, desde que todos nós possamos descobrir uma maneira de fazê-lo com segurança.

Traduzido e adaptado por equipe O Mapa da Mina.

Fonte: Cinema Blend e The Hollywood Reporter