Nokia lança celular com cinco câmeras traseiras

BARCELONA — A Nokia apresentou sua nova linha de smartphones no Mobile World Congress, em Barcelona, incluindo um aparelho com cinco câmeras traseiras. Segundo a fabricante, um sistema inteligente funde os dados captados pelos cinco sensores, formando a “mais rica captura de imagens possível”. Batizado como Nokia 9 Pureview, o smartphone é capaz de preservar detalhes de luzes e sombras e oferece maior controle de profundidade que os concorrentes. E juntas, as câmeras formam fotografias com incríveis 240 megapixels de resolução.

As câmeras são da ZEISS Optics, com dois sensores coloridos e três monocromáticos, para aumentar os detalhes e o contraste. Juntas, as cinco câmeras captam até dez vezes a quantidade de luz capturada por apenas um sensor do mesmo tipo. O sistema é baseado na câmera L16, lançada em 2017 pela start-up Light. Ela possuía 16 sensores diferentes, o que chamou a atenção do público, mas não funcionou muito bem pela dificuldade em processar imagens diferentes. Por isso, as cinco câmeras do Nokia 9 Pureview têm as mesmas configurações, com 12 megapixels e lentes com abertura f/1.8.

Como opção para profissionais, o aparelho oferece a opção de produzir imagens em formato não compactado RAW, para edição posterior. O Nokia 9 Pureview tem ainda uma câmera frontal com 20 megapixels para selfies. O preço sugerido pela fabricante é de US$ 699.

— Nós usamos nossa herança de inovação para dar um passo importante, como pioneiros numa abordagem inovadora na produção de imagens com o Nokia 9 Pureview — afirmou Juho Sarvikas, diretor de produtos da HMD Global, empresa que usa a marca licenciada da Nokia. — E nós acreditamos que as melhores experiências devem ser disponíveis para todos, e é por isso que trazemos experiências de ponta a preços acessíveis.

Confira as principais novidades em telefonia do primeiro dia do Mobile World Congress, em Barcelona

A Huawei lançou o Mate X, smartphone dobrável que chega a oito polegadas. O celular conta ainda com sistema de carregamento rápido | Bruno Rosa
O Mate X, o dobrável da chinesa Huawei. O aparelho tem conexão para tecnologia 5G | Bruno Rosa
A Sony lançou o seu novo modelo Xperia com tela oled 8k. Tem três câmeras na parte traseira, que conta com recursos de sua linha profissional de câmeras, a Alpha, e sistema de som que permite experiência de cinema | Bruno Rosa
O Xperia 1, da Sony, tem tela HDR OLED, que usa a tecnologia da TV Bravia. O aparelho também tem a capacidade de tirar fotos e gravar vídeos 4K, que atende às demandas tecnológicas de cineastas profissionais, tanto em imagem e som | Reuters
A Samsung apresentou pela primeira vez ao público o seu S10, lançado uma semana antes do MWC, que tem armazenamento interno de 1 TB. Hoje, os celulares mais potentes têm metade disso. Mostrou ainda seu novo dobrável | Bruno Rosa
A Nokia apresentou celular com cinco câmeras na parte traseira.Tem sensor em toda a tela. A câmera frontal tem resolução de 20 mega | Bruno Rosa
A Xiaomi tem câmera frontal retrátil que só aparece quando o usuário solicita. O objetivo é ganhar mais espaço na tela | Bruno Rosa
A Xiaomi colocou o sensor biométrico na parte traseira do aparelho. Tem ainda câmera frontal retrátil que só aparece quando o usuário solicita. O objetivo é ganhar mais espaço na tela
| Bruno Rosa
A LG trouxe celular com duas telas que operam de forma independente. Batizado de V50, o aparelho conta ainda com reconhecimento facial e leitor de veias para desbloqueio de tela | Bruno Rosa
A Oppo cobriu toda a tela com um sensor biométrico, permitindo que os usuários toquem em praticamente qualquer lugar do display para desbloquear o dispositivo. A Oppo trouxe zoom de dez vezes e resolução de 48 mega
| Bruno Rosa
O Galaxy Fold, o dobrável da Samsung | Bruno Rosa
Na tentativa de buscar atenção dos consumidores, os fabricantes lançaram seus novos celulares cheios de novidade

O sistema de imagens chama atenção, mas as outras especificações técnicas não surpreendem — e até levantam dúvidas. O processador Snapdragon 845 é de 2017, já substituídos por outras fabricantes pelo 855 em aparelhos lançados neste ano. Os 6GB de memória RAM estão em linha com produtos lançados por concorrentes, mas o Nokia 9 Pureview oferece apenas 128 GB de espaço para armazenamento, pouco para um aparelho com foco em fotografias de altíssima resolução.

Além do Nokia 9 Pureview, a fabricante apresentou outros três smartphones, todos voltados para o mercado de baixa renda, e um novo “tijolinho”, o Nokia 210. Trata-se de uma reedição da linha de maior sucesso da marca, mas agora com acesso à internet pelo navegador Opera Mini e aplicativo do Facebook.

Powered by WPeMatico