Cientistas coreanos criam primeiros painéis solares invisíveis que você pode integrar em telefones celulares!

Anos após o acordo climático de Paris, os países continuaram a inovar na busca para sair da energia não renovável e mudar para fontes de energia renovável de eletricidade.

Um novo estudo no Journal of Power Sources da Incheon National University, Coréia, demonstra como eles fizeram a primeira célula solar totalmente transparente

Liderado pelo Professor Joondong Kim, o novo estudo orgulha-se de sua técnica inovadora recentemente descoberta, especificamente na heterojunção da célula – a fabricação de filmes cristalinos e finos que são responsáveis pela absorção da luz. Este painel solar então converte a luz absorvida em eletricidade. 

De acordo com o estudo, foi através da combinação de semicondutores de óxido de níquel e dióxido de titânio que foi feita uma célula solar eficaz e totalmente transparente.

Cientistas coreanos criam primeiros painéis solares invisíveis que você pode integrar em telefones celulares!
Foto: (reprodução/internet)

Uma eletricidade amiga da Terra para o amanhã

O dióxido de titânio (TiO2), sendo um semicondutor eficiente, já está sendo usado atualmente na tecnologia de painéis solares. Não só é eficaz, mas também não tóxico e ecologicamente correto, pois é um elemento abundante na Terra. 

O óxido de níquel (NiO), por outro lado, é também um semicondutor com características de alta transparência óptica. Ele também é fabricado a baixas temperaturas industriais. A combinação destes dois faz uma excelente descoberta de um painel solar transparente que é ecologicamente correto e fácil de usar.

Segundo o ScieTechDaily, a energia solar sempre teve as maiores esperanças de fazer uma fonte de energia confiável e suficiente entre outras fontes renováveis, como vento, água, ondas. Esta é também a razão pela qual muita pesquisa e desenvolvimento tem sido investido em energia solar. 

Há anos, a energia solar tem se tornado mais acessível e ambientalmente correta, juntamente com sua capacidade efetiva de converter UV em eletricidade.

 Assim, cada vez mais pessoas têm mudado para a energia solar para diferentes casas e estabelecimentos. Ela não só é econômica, como também é uma causa nobre que contribui para um futuro livre de carbono.

Fique por dentro: HiRISE captura imagens do enorme desfiladeiro de Marte – o maior do sistema solar

Energia solar mais acessível

As células solares atuais têm sido limitadas em sua integração ao uso diário, fazendo com que suas qualidades sejam opacas. Os painéis solares só podem ser vistos em telhados, áreas remotas e lugares que estão escondidos aos olhos do público. 

O recente estudo da equipe de pesquisa Journal of Power Sources na Coréia deu um enorme salto fazendo a primeira célula totalmente transparente. 

A ideia é ser capaz de integrá-la em janelas, edifícios e até mesmo telefones celulares no futuro. Com isso, a energia solar se tornará mais acessível para uso público. 

O professor Joondong Kim do Departamento de Engenharia Elétrica da Universidade Nacional de Incheon tem grandes esperanças para seu estudo. Segundo ele, “as características únicas das células fotovoltaicas transparentes poderiam ter várias aplicações na tecnologia humana”. 

Quando esta descoberta progredir, poderemos ter mais aplicações para a energia solar.

Embora esta não tenha sido a primeira descoberta para as células solares transparentes, a equipe do Prof. Kim foi pioneira em integrar isto aos painéis de energia solar. O estudo, sendo muito promissor, poderia nos levar a um caminho muito esperançoso para a nova fonte de eletricidade do futuro.

Traduzido e adaptado por equipe O Mapa da Mina.

Fonte: Tech Times e ScieTechDaily