Elon Musk diz que cidade em Marte será “gloriosa”, mas colonizadores podem morrer

Elon Musk há muito sonha em estabelecer a vida humana em Marte. Mas quando Musk sonha com coisas, ele não reflete sobre isso caprichosamente, ou conta para sua outra metade sobre isso em detalhes tediosos – ele se empenha em tornar o sonho realidade.

A SpaceX – que ele fundou em 2002 – está em processo de desenvolvimento de sua nave espacial de última geração, que espera um dia transportar até 100 pessoas para Marte.

Foto: (reprodução/internet)

No entanto, Musk não acha que chegar a Marte será a parte mais difícil – o que dá uma ideia de como esse desafio é realmente importante.

Em vez disso, é a tarefa de montar um acampamento, que pode muito bem fazer com que os primeiros colonos morram.

De acordo com a CNBC, durante uma conferência virtual ‘Humanos para Marte’ na segunda-feira, Musk disse: “Chegar a Marte, eu acho, não é a questão fundamental. A questão fundamental é construir uma base, construir uma cidade em Marte que seja autossustentável.”

“Quero enfatizar que isso é muito difícil e perigoso, algo difícil, não para os fracos de coração. Há boas chances de você morrer, vai ser difícil, mas será muito glorioso”, ele acrescentou.

Leia também: Elon Musk se torna terceira pessoa mais rica do mundo

A empresa aeroespacial do momento

Foto: (reprodução/internet)

Musk fez da Starship SpaceX prioridade no início deste ano e ele disse que grandes avanços foram feitos, no entanto, ainda há muito a fazer antes que as pessoas sejam enviadas para Marte.

Ele disse: “Estamos fazendo um bom progresso. O que realmente impede o progresso no Starship é o sistema de produção… Há um ano não havia nada lá e agora temos bastante capacidade de produção. Então, estamos rapidamente fazendo mais e mais.”

“Primeiro temos que fazer a coisa funcionar, entregar satélites automaticamente e fazer centenas de missões, antes de colocar as pessoas a bordo.”

Traduzido e adaptado por equipe O Mapa da Mina.

Fonte: LAD Bible