Emirates pagará suas despesas se você pegar Covid-19 viajando

ANÚNCIO

A Emirates está se oferecendo para cobrir os custos de funeral e despesas médicas dos clientes, caso eles contraiam o Covid-19 durante a viagem.

Veja o vídeo abaixo, divulgado pela empresa aérea, que conta a novidade:

ANÚNCIO

Em uma tentativa de incentivar as pessoas a voar, a companhia aérea oferece aos clientes um “Pacote Coronavírus“, gratuitamente.

Sob a iniciativa, a empresa cobrirá despesas médicas incorridas pela doença, até o valor de € 150.000.

ANÚNCIO

Também pagará a conta caso os clientes tenham que ficar em quarentena em um hotel por até quinze dias a 100 por dia.

Se, na pior das hipóteses, um passageiro morrer após contrair o coronavírus, a cobertura do seguro fornecerá 1.500 € para o custo do funeral.

A cobertura é gratuita para todos os clientes, independentemente da classe de viagem ou destino, e é aplicada automaticamente, sem a necessidade de registro.

Ele está disponível agora e funcionará até o final de outubro, por 31 dias após o primeiro voo.

O Sheikh Ahmed bin Saeed Al Maktoum, presidente e chefe-executivo do Grupo Emirates, disse: “Sob a diretiva de Sua Alteza Sheikh Mohammed, vice-presidente e primeiro-ministro e governante de Dubai dos Emirados Árabes Unidos, a Emirates tem orgulho de liderar o caminho para aumentar a confiança nas viagens internacionais.”

(Créditos: PA)

“Sabemos que as pessoas estão ansiosas para voar, à medida que as fronteiras ao redor do mundo reabrem gradualmente, mas estão buscando flexibilidade e garantias caso algo imprevistos aconteçam durante suas viagens. A Emirates trabalhou duro para implementar medidas em todas as etapas da jornada do cliente, para diminuir o risco de infecção, e também reformulamos nossas políticas de reservas para oferecer flexibilidade.” ele completou.

“Agora estamos levando para o próximo nível, sendo o primeiro do setor a oferecer aos nossos clientes cobertura global e gratuita das despesas médicas, dos custos de quarentena e de assistência médica do Covid-19, caso sejam necessários durante a viagem. É um investimento de nossa parte, mas estamos colocando nossos clientes em primeiro lugar e acreditamos que eles receberão bem essa iniciativa”. acrescentou o Sheikh.

A mudança ocorre quando companhias aéreas de todo o mundo tentam se reconstruir, com medidas de bloqueio devastando o setor.

(Créditos: PA)

O impacto da pandemia no turismo

O fechamento de fronteiras limitou as viagens, enquanto o cancelamento de grandes eventos e o fechamento de locais públicos também prejudicaram o turismo.

A Emirates teve de cortar até 9.000 empregados devido à pandemia, o que equivale a cerca de 15% de sua equipe.

Traduzido e adaptado por equipe O Mapa da Mina.

Fonte: Lad Bible

ANÚNCIO