Homens com barba são mais atraentes para mulheres, diz estudo

De acordo com um novo estudo, se uma mulher corre gritando de criaturas que vivem em pelos, como piolhos, carrapatos, pulgas e outros, ela provavelmente encontrará homens com barbas muito menos atraentes.

É em um nível inconsciente, é claro. Mas do ponto de vista de seu cérebro animal interior, quem quer se enrugar até uma boca orlada por uma moita de cabelo que pode conter criaturas minúsculas, retorcidas, semelhantes a vermes?

Traços altamente masculinos

A natureza nos programou em um nível profundo e visceral para sermos atraídos por parceiros que mostram as qualidades mais masculinas e femininas para a reprodução.

Para um homem, isso tem a ver com qualquer coisa relacionada à testosterona – mais alto, com músculos maiores e mais pelos faciais.

Um estudo de 2013 explorou a quantidade de cabelo considerada mais atraente pelas mulheres. As mulheres classificam os rostos com barba por fazer como os mais atraentes; barba por fazer, barbas pesadas e rostos bem barbeados eram considerados menos atraentes.

Neste novo estudo, publicado na terça-feira no jornal Royal Society Open Science, rostos muito masculinos e aqueles com barbas foram avaliados como mais atraentes do que rostos masculinos de aparência feminina ou rostos bem barbeados. Isso era verdade independentemente se a mulher estava procurando um relacionamento de curto ou longo prazo.

Na verdade, homens com traços masculinos, como mandíbula larga e sobrancelha forte, que tinham barbas, eram os mais atraentes para os dois tipos de relacionamento.

Foto: (reprodução/internet)

Veja também: Ralph Lauren revelou novo conjunto de máscaras com logotipo da Polo

Mas existe um porém…

Mas quando nosso desgosto inato por criaturas parasitas foi incluído na equação, as coisas mudaram. O estudo descobriu que as mulheres que expressavam níveis mais altos de repulsa por parasitas e outros patógenos tinham maior probabilidade de julgar a barba de um homem pouco atraente.

Na teoria da evolução, isso pode fazer sentido. Acredita-se que os humanos evoluíram para ter menos pelos em nossos corpos, em parte porque isso reduziu o risco de proliferação de parasitas transmissores de doenças.

Hoje, as pesquisas mostram que os peitos sem pelos são preferidos entre mulheres dos Estados Unidos, China, Nova Zelândia, Finlândia, Brasil, Eslováquia, Tchecoslováquia e Turquia (mas não entre mulheres do Reino Unido e Camarões).

Ainda assim, as pesquisas na área são confusas: estudos mostram que, se uma mulher cresceu com um pai barbudo, é mais provável que ache a barba atraente; mulheres que mantêm relacionamentos atuais com homens com pelos faciais também tendem a gostar mais.

Enquanto a ciência resolve, rapazes, vocês podem muito bem jogar pelo seguro. Se você está pensando em deixar a barba crescer e seu parceiro achar que carrapatos, pulgas, piolhos e outras criaturas que vivem no cabelo são repulsivos, sua barba por fazer pode lhe causar problemas.

Traduzido e adaptado por equipe O Mapa da Mina.

Fonte: Coach Nine