James Corden e Jimmy Kimmel voltam a gravar programas de TV de casa

The Late Late Show de James Corden na CBS e Jimmy Kimmel Live de Jimmy Kimmel na ABC estão de volta às filmagens de seus programas noturnos remotamente em meio aos números da Covid-19 em alta no condado de Los Angeles.

“Com Los Angeles de volta ao lockdown, estamos mais uma vez gravando o #LateLateShow na garagem do @JKCorden até que seja seguro retornar ao nosso estúdio”, anunciou a conta do The Late Late Show no Twitter.

James Corden e Jimmy Kimmel voltam a gravar programas de TV de casa
Foto: (reprodução/internet)

Enquanto Corden está montando um estúdio em sua garagem, o talk show noturno de Jimmy Kimmel será filmado remotamente de sua casa – em vez de suas habitações habituais no El Capitan Theatre em Hollywood Blvd.

Leia mais: Tanya Roberts está aparentemente viva, apesar dos relatos de morte

Pandemia volta a crescer em Los Angeles

A maioria dos grandes estúdios estendeu seu hiato de produção de férias à medida que o número de novos casos de Covid-19 se aproxima ou excede 10.000 por dia no condado de Los Angeles e a capacidade da UTI e a disponibilidade de leitos hospitalares permanecem em níveis preocupantemente baixos.

Mais de duas dúzias de séries de TV baseadas no sul da Califórnia – da CBS TV Studios, Warner Bros. TV, Universal TV, Sony Pictures Television e Walt Disney’s 20th Television e ABC Signature – estão programadas para voltar a funcionar em meados de janeiro. Um aumento contínuo pode alterar esses planos no futuro.

James Corden e Jimmy Kimmel voltam a gravar programas de TV de casa
Foto: (reprodução/internet)

E na noite de domingo, SAG-AFTRA, o Producers Guild of America e o Joint Policy Committee – que juntos representam atores, produtores e agências comerciais – emitiram uma declaração conjunta recomendando a suspensão temporária da produção até que a maioria das camas de hospital estejam disponíveis.

“Os hospitais do sul da Califórnia estão enfrentando uma crise como nunca vimos antes”, disse a presidente da SAG-AFTRA, Gabrielle Carteris, no comunicado.

“Pacientes estão morrendo em ambulâncias esperando por tratamento porque as salas de emergência dos hospitais estão lotadas. Este não é um ambiente seguro para produção em pessoa no momento”.

Traduzido e adaptado por equipe O Mapa da Mina.

Fonte: Celebrity Nine