Jeff Bezos revela sua rotina diária e como ele toma decisões

Jeff Bezos revelou seu dia a dia e como toma suas decisões – o que provavelmente vale a pena prestar atenção, já que ele é a pessoa mais rica do planeta. O fundador e CEO da Amazon forneceu um resumo de seu dia típico em seu livro Invent & Wander.

Cuidar do sono é imprescindível

Uma coisa interessante a se notar é a importância que ele dá ao sono. Como um homem com muito o que fazer, você pode pensar que ele está se alimentando constantemente de cafés expressos e sonecas.

No entanto, ele garante que tem horas de sono suficientes – ir para a cama cedo e acordar cedo – pois ele diz que isso tem um impacto crítico em sua tomada de decisão.

Em um trecho do livro, o homem de 56 anos escreve: “Eu priorizo o sono, a menos que esteja viajando em fusos horários diferentes. Às vezes é impossível conseguir oito horas, mas estou muito focado nisso, e preciso de oito horas. Eu penso melhor. Tenho mais energia. Meu humor fica melhor”.

Jeff Bezos revela sua rotina diária e como ele toma decisões
Foto: (reprodução/internet)

“E pense nisso: como executivo sênior, o que você realmente é pago para fazer? Você é pago para tomar um pequeno número de decisões de alta qualidade. Seu trabalho não é tomar milhares de decisões todos os dias”.

Portanto, a qualidade é mais importante do que a quantidade quando se trata de tomada de decisões nos negócios.

Veja mais: Jeff Bezos é a primeira pessoa no mundo a valer US $ 200 bilhões

Que tipos de decisões você tem tomado?

Outra coisa que o mega bilionário diz ser crítica nesse sentido é decifrar que tipo de decisão está sendo tomada.

Ele explica: “Existem dois tipos de decisões. Existem decisões que são irreversíveis e altamente consequentes; nós as chamamos de portas de mão única ou decisões do Tipo 2. Elas precisam ser tomadas lenta e cuidadosamente. Muitas vezes me encontro na Amazon atuando como o diretor de desaceleração: ‘Uau, quero ver essa decisão analisada de mais dezessete maneiras, porque é altamente consequente e irreversível’.

“O problema é que a maioria das decisões não é assim. A maioria das decisões são portas de mão dupla. Você pode tomar a decisão e passar por ela. Acontece que foi a decisão errada; você pode recuar”.

“E o que acontece em grandes organizações – não em empresas iniciantes, mas em grandes organizações – é que todas as decisões acabam usando o processo pesado que se destina apenas a decisões irreversíveis e altamente consequentes. E isso é um desastre”.

Jeff Bezos revela sua rotina diária e como ele toma decisões
Foto: (reprodução/internet)

“Quando há uma decisão que precisa ser tomada, você precisa se perguntar: ‘É uma porta de mão única ou de mão dupla?’. Se for uma porta de mão dupla, tome a decisão com uma pequena equipe ou mesmo um indivíduo de alto julgamento”.

“Tome a decisão. Se estiver errado, está errado. Você vai mudar. Mas se for uma porta de mão única, analise-a de cinco maneiras diferentes. Tenha cuidado, porque é onde lento é suave e suave é rápido”.

Descansar também é igualmente importante

Mas, além de todas essas tomadas de decisão de apostas muito altas, Jeff Bezos ainda arranja tempo para “relaxar”.

Ele diz: “Gosto de brincar de manhã. Levanto cedo. Vou para a cama cedo. Gosto de ler jornal. Gosto de tomar café. Gosto de tomar café com meus filhos antes de irem para a escola. Portanto, meu tempo de relaxamento é muito importante para mim”.

Se ao menos fosse apenas a parte do relaxamento que traz muito dinheiro, hein?

Traduzido e adaptado por equipe O Mapa da Mina.

Fonte: LAD Bible e Fast Company