Por que Marvel vê Disney+ como uma ferramenta de mudança para seus planos

Não é segredo que o Universo Cinematográfico Marvel tem um absoluto hype no mundo do entretenimento. 

A espera pela Fase Quatro foi mais longa graças ao atraso de um ano do filme Viúva Negra, mas a franquia finalmente nos dará um novo conteúdo na forma de WandaVision na Disney+. 

Esta é apenas a primeira parte de novos conteúdos a atingir o serviço de streaming nos próximos anos, e acontece que Kevin Feige realmente vê a Disney+ como um divisor de águas.

Disney + possibilita uma expansão de universos ainda maior

Por que Marvel vê Disney+ como uma ferramenta de mudança para seus planos
Foto: (reprodução/internet)

Pouco depois de seu início, a Disney+ rapidamente se tornou um centro de conteúdo emocionante, tanto de Star Wars quanto da MCU. 

E como vários projetos da Marvel foram adiados, o serviço de streaming ainda era o lar da Infinity Saga, e tinha conteúdo especial da Marvel Studios: Lendas que recapitularam a posse dos personagens na tela grande. 

Kevin Feige falou com o próprio Sean O’Connell da CinemaBlend, e revelou como ele acredita que a Disney+ pode ajudar a expandir ainda mais o universo compartilhado. 

Por que Marvel vê Disney+ como uma ferramenta de mudança para seus planos
Foto: (reprodução/internet)

Parece que Kevin Feige e os poderes que estão nos estúdios Marvel têm planejado maneiras de mudar o universo compartilhado após os eventos selvagens dos Vingadores: Guerra Infinita e Ultimato. 

E como eles continuam a criar novos conteúdos e tentam manter o grande público interessado, histórias de longa duração como WandaVision permitem que os personagens do filme sejam ainda mais bem elaborados.

Os comentários de Kevin Feige para Sean O’Connell mostram até onde vai o planejamento para o Universo Cinematográfico Marvel. 

Antes mesmo de irmos ver Thanos lutar contra os Vingadores na Guerra Infinita, eles já estavam planejando exatamente como o estúdio continuaria na sombra do Titã Louco. Além disso, a Disney+ oferece a oportunidade para uma narrativa mais longa e deliberada.

Fique por dentro: SAG Awards é remarcado para abril e evita data conflitante com Grammy

Mais informações sobre a Fase Quatro

Por que Marvel vê Disney+ como uma ferramenta de mudança para seus planos
Foto: (reprodução/internet)

A Fase Quatro também será única porque faltará a presença de protagonistas de franquias como o Homem de Ferro e o Capitão América. Em vez disso, espera-se uma presença mais significativa de personagens coadjuvantes como Feiticeira Escarlate e Falcão. 

WandaVision será o maior tempo de tela que a heroína de Elizabeth Olsen já teve, e fará com que ela volte à tela grande com Doutor Estranho no Multiverso ainda mais gratificante.

Com conteúdo de tela pequena como WandaVision saindo na Disney+, as possibilidades de cruzamento com as franquias do filme são bastante infinitas.

Muitos personagens estão se aproximando da tela pequena, antes de eventualmente se conectarem de volta aos filmes da Marvel. O céu é o limite, e algo me diz que Kevin Feige e a empresa têm muitas surpresas na manga.

A WandaVision estreia na Disney+ em 15 de janeiro, e a Viúva Negra chegará aos cinemas em 7 de maio. 

Traduzido e adaptado por equipe O Mapa da Mina.

Fonte: Cinema Blend, The Verge, Esquire e The Guardian