NASA lançará satélite para rastrear aumento do nível do mar

ANÚNCIO

A NASA planeja lançar um satélite amanhã, que acompanhará os efeitos das mudanças climáticas nos oceanos do mundo e coletará dados para melhorar as previsões meteorológicas

O satélite dará continuidade ao trabalho de três décadas da NASA para documentar o aumento do nível do mar, e dará aos cientistas uma visão mais precisa da costa do que jamais tiveram do espaço.

ANÚNCIO
NASA lançará satélite para rastrear aumento do nível do mar
Foto: (NASA/JPL-Caltech)

“A melhor vista do assento dianteiro dos oceanos vem do espaço”, diz Thomas Zurbuchen, chefe de ciências da NASA.

O satélite Sentinel-6 Michael Freilich será lançado da Base da Força Aérea de Vandenberg, na Califórnia, a bordo de um foguete SpaceX Falcon 9. A cobertura ao vivo da NASA do evento acontecerá em seu site

NASA há muito está de olho no aumento do nível do mar

O satélite é o primeiro de um par de satélites focados no oceano, que estenderá as pesquisas da NASA e da Agência Espacial Européia sobre os níveis globais do mar por mais dez anos. 

ANÚNCIO

O próximo satélite, o Sentinel-6B, seguirá em cerca de cinco anos. Para medir o nível do mar, eles vão enviar sinais eletromagnéticos para os oceanos do mundo e, em seguida, medir quanto tempo leva para se recuperar.

NASA lançará satélite para rastrear aumento do nível do mar
Foto: (ESA)

Fique por dentro: China competindo com SpaceX? País quer lançar 10.000 satélites no espaço

Quando a NASA começou seu trabalho no aumento do nível do mar na década de 1990, os cientistas ainda estavam curiosos para saber se as previsões sobre o impacto da mudança climática estavam se concretizando, de acordo com Zurbuchen. 

“A questão de se os oceanos sobem ou não [à medida que o planeta esquenta] foi resolvida por esses satélites, não é uma questão”, disse Zurbuchen ao The Verge. “Tão certo quanto a gravidade bem aqui onde estou sentado, esses oceanos estão subindo e precisamos lidar com o que isso faz com nossas vidas.”

Os cientistas da NASA serão capazes de fazer observações de alta resolução muito mais perto da costa com os novos satélites, o que permitirá previsões do tempo mais precisas antes que as tempestades cheguem ao continente. 

Conforme uma grande tempestade se forma sobre o mar, a água se curva. Um satélite pode detectar aquela bolha de água subindo e usar essa informação para fazer previsões. As medições granulares também podem ser usadas para ver como as mudanças no nível do mar perto da costa podem afetar a navegação do navio e a pesca comercial.

As marés estão subindo cada vez mais em terra como resultado da mudança climática. Isso porque a água se expande à medida que esquenta e porque as geleiras e mantos de gelo do mundo estão derretendo. 

A invasão das águas torna as enchentes e tempestades cada vez mais perigosas. Também está afogando ilhas inteiras e comunidades costeiras. Isso já forçou pessoas da Louisiana a Papua-Nova Guiné a abandonar os lugares que chamaram de lar por gerações.

“Qual é a pergunta hoje, qual é o impacto do aumento do nível do mar e o que podemos fazer sobre isso?” Zurbuchen diz. “Essas são as perguntas que importam para minha família, para meus amigos, para todas as nossas famílias, porque afetam como nossas famílias podem viver no futuro.”

Traduzido e adaptado por equipe O Mapa da Mina.

Fonte: The Verge

ANÚNCIO