NASA revela como a Via Láctea pode soar quando você está no espaço

ANÚNCIO

Se você adora todo tipo de coisa espacial, aqui está um vídeo que você vai adorar ouvir, mesmo à noite!

A NASA recentemente carregou o som da ‘Via Láctea’ de sua tecnologia de sonificação de dados. Quem poderia ter pensado que estar no espaço é tão relaxante?

ANÚNCIO

Como é o som da Via Láctea?

Foto: (NASA’s Marshall Space Flight Center/ Youtube)

Todos nós sabemos o que é a ‘Via Láctea’ no espaço, ou como ela é baseado em fotos. Mas você sabe como são os sons que ela produz?

Na segunda-feira, 22 de setembro, a Administração Nacional de Aeronáutica e Espaço dos Estados Unidos (NASA) envia um vídeo que representa os sons da Via Láctea.

Conforme explicado, a agência espacial já tinha milhares de dados digitais capturados por telescópios, transformados em imagens. É incrível como a Via Láctea se parece.

ANÚNCIO

No entanto, os astrônomos querem descobrir informações mais detalhadas sobre nossa galáxia, incluindo como ela se parece.

Com a ajuda da ‘sonificação de dados’, ou o processo que traduz os dados em som, a NASA foi capaz de recriar como a galáxia soa se você estiver perto dela.

Aqui está o resultado final desse projeto:

Leia mais: Elon Musk e NASA levarão Tom Cruise ao espaço para próximo filme

Não há nada mais relaxante do que isso? Curiosamente, muitos usuários do Twitter também acham o vídeo celestial.

Como eles fizeram isso?

Foto: (NASA/Getty Images)

Conforme explicado, o vídeo foi produto da tecnologia de sonificação de dados.

A NASA coletou as imagens da Via Láctea em diferentes luzes. Em seguida, começa a tradução no lado esquerdo da imagem e move-se para a direita, com os sons representando a posição e o brilho das fontes.

Estrelas e fontes compactas são convertidas em notas individuais, enquanto nuvens de gás e poeira estendidas produzem um drone em evolução.

O crescendo (a melodia mais alta) acontece ao atingir a região brilhante no canto inferior direito da imagem. E é assim que se faz!

Traduzido e adaptado por equipe O Mapa da Mina.

Fonte: Tech Times

ANÚNCIO