Nova política de privacidade do WhatsApp faz usuários compartilharem dados com Facebook

O WhatsApp, um popular aplicativo de mensagens de propriedade do Facebook, está atualizando sua política de privacidade, e os usuários que não concordarem em compartilhar dados com o Facebook perderão o acesso a suas contas

A nova demanda obrigatória deve-se à integração de seus serviços e política de privacidade do WhatsApp com o Facebook.

Nova política de privacidade do WhatsApp faz usuários compartilharem dados com Facebook
Foto: (reprodução/internet)

O WhatsApp tem atualmente cerca de dois bilhões de usuários ativos, o que inclui tanto usuários do Facebook quanto usuários que não são usuários do Facebook. 

No entanto, todos os usuários parecem receber um pop up que lhes pede para concordar em compartilhar seus dados sobre o WhatsApp com o facebook. Se eles não concordarem em compartilhar seus dados, perderão o acesso a suas contas até 8 de fevereiro

Segundo MacRumors, o WhatsApp teve um “prelúdio” para esta atualização em julho de 2020, numa tentativa de integrar os dados do Facebook e da Whatsapp. No entanto, eles parecem oferecer opções para que os usuários discordem na integração. 

A última atualização parece ser mais obrigatória, pois suas contas WhatsApp estão em jogo. Consequentemente, muitos usuários parecem “concordar” com a atualização do Whatsapp sem ler os termos e condições.

Veja mais: Windows 7 ainda está sendo executado em pelo menos 100 milhões de PCs

WhatsApp diz que eles fazem mudanças apenas após “Aviso Amplo”

De acordo com um porta-voz da Whatsapp via Mirror, “como falamos anteriormente, estamos atualizando nossos termos de serviço e política de privacidade enquanto trabalhamos para fazer do WhatsApp uma ótima maneira de obter respostas ou ajuda de uma empresa… A política de privacidade e as atualizações de termos são comuns no setor e estamos fornecendo aos usuários um amplo aviso para rever as mudanças”.

A nova atualização do WhatsApp é bastante recente, sendo que os usuários a receberam apenas nas últimas 24 horas. 

Embora eles pareçam oferecer um botão “concordo” ou “não concordo agora”, eles declaram explicitamente que os usuários que não concordarem perderão o acesso até 8 de fevereiro.

Nova política de privacidade do WhatsApp faz usuários compartilharem dados com Facebook
Foto: (reprodução/internet)

Esta mudança recente implora que o aplicativo de mensagens se torne mais transparente para seus usuários. Como resultado, eles atualizaram seu site oficial e publicaram novas seções que suportam a atualização de sua política de privacidade.

Seções como “Dados de Transações e Pagamentos”, “Informações locais” e “Que informações o Whatsapp compartilha com as empresas do Facebook”, podem ser vistas em seu site.

Esta última é de extrema importância para a nova integração de dados do Whatsapp-Facbook. A política diz: “A WhatsApp atualmente compartilha certas categorias de informações com as empresas do Facebook”.

Além disso, ela acrescenta as seguintes afirmações: “As informações que compartilhamos com as outras empresas do Facebook. incluem informações de registro de sua conta (como seu número de telefone), dados de transação, informações relacionadas a serviços, informações sobre como você interage com outros (incluindo empresas) ao usar nossos serviços, informações de dispositivos móveis, seu endereço IP, e podem incluir outras informações identificadas na seção Política de Privacidade intitulada “Informações que coletamos” ou obtidas mediante aviso ou com base em seu consentimento”.

Um sistema totalmente integrado para Facebook e outras plataformas

Acredita-se que o fundador do Facebook Inc., Mark Zuckerberg, que também é proprietário de outras plataformas de mídia social, como o Instagram, e como mencionado no aplicativo de mensagens WhatsApp, está tomando outras medidas para integrar todos os serviços e simplificá-los para facilitar o controle. 

Eventualmente o objetivo é combinar ainda mais todos os dados dos três serviços em seu sistema.

Algumas dicas também sugerem que os usuários do WhatsApp podem agora começar a receber material de marketing do Facebook. Embora o WhatsApp deva ser um aplicativo ‘criptografado’, o que significa que a ‘criptografia de ponta a ponta’ deve garantir que somente você e a pessoa com quem você está se comunicando possam ler ou ouvir o que é enviado, os usuários ficaram perplexos com a nova atualização. 

No entanto, o Whatsapp parece divulgar todas as informações a partir das mudanças que eles fazem de tempos em tempos. 

Traduzido e adaptado por equipe O Mapa da Mina.

Fonte: Tech Times, Mirror e MacRumors