“The Midnight Sky”, dirigido por George Clooney, pode se tornar um dos filmes mais assistidos da Netflix

Este ano, especialmente, o direito de se gabar das festas de fim de ano deveria pertencer aos streamings, já que vários filmes preencheram a lacuna do corredor de férias esvaziado pela pandemia

O problema é que a maioria deles resiste à transparência, mesmo quando as notícias são boas. Aqui estão algumas notícias que o Deadline obteve sobre um dos grandes sucessos. 

Foto: (Netflix)

The Midnight Sky, o mais novo sucesso da Netflix

O thriller de ficção científica dirigido por George Clooney, The Midnight Sky, está a caminho de se tornar um dos maiores filmes de todos os tempos na Netflix – com 72 milhões de famílias projetadas para assistir ao filme nas primeiras 4 semanas. 

A Netflix confirmou isso junto com o fato de que o sucesso é global: The Midnight Sky alcançou o primeiro lugar no geral em 77 países; e esteve no Top 10 em 93 países – da Turquia à Argentina, Alemanha e Islândia (onde parte do filme foi filmado).

Além disso, o lançamento teatral de The Midnight Sky foi o maior do ano no Netflix. Embora isso precise ser qualificado à luz de como a pandemia de Covid atingiu o cinema, The Midnight Sky foi exibido em mais de 800 locais em 16 países, incluindo EUA, Reino Unido, Brasil, Austrália, Espanha, Japão e México.

Há validação aqui do programa Netflix Filmes construído sob a liderança de Scott Stuber, que em três anos trouxe talentos com os quais se relacionava quando era executivo e produtor de cinema. 

Quando ele entrou, a maioria das grandes estrelas não estava fazendo filmes para streaming, mas essa linha na areia já se foi. A Netflix começou 2020 com Resgate de Chris Hemsworth, que se tornou o filme mais visto da plataforma de todos os tempos e tem uma sequência em andamento

O ano termina com Mank, dirigido por David Fincher, The Trial of the Chicago 7 e Midnight Sky, dirigido por Aaron Sorkin. A Netflix começa 2021 com sua maior produção cinematográfica, o thriller de espionagem dirigido por Joe & Anthony Russo, The Gray Man, previsto para começar no início do próximo ano em Long Beach com Ryan Gosling e Chris Evans estrelando.

Disse Clooney, que dirigiu, estrelou e produziu The Midnight Sky: “Foi uma ótima experiência trabalhar com a Netflix. Numa altura em que ninguém consegue ir ao cinema, é uma honra poder ter um filme ao qual as pessoas responderam de uma forma tão importante e poder reconhecê-lo. ”

Stuber, da Netflix, disse: “George fez um filme que captura a humanidade e que é muito perspicaz para os nossos tempos. Ele trouxe uma vida e uma alma para The Midnight Sky – é por isso que este filme está ressoando com tantos. Que maneira incrível de terminar o ano e continuar meu relacionamento de longa data com George e Grant Heslov.”

Clooney estrela com Felicity Jones, David Oyelowo, Kyle Chandler, Demian Bichir, Tiffany Boone e Caoilinn Springall.

Traduzido e adaptado por equipe O Mapa da Mina.

Fonte: Deadline