Criador de The Society fala sobre cancelamento abrupto da série

ANÚNCIO

The Society tinha sido renovada no verão passado, após a estreia da popular primeira temporada da série, mas foi recentemente anunciado que a Netflix cancelou totalmente o show em vez de seguir em frente como planejado.

Entre outras razões, COVID-19 foi supostamente o culpado pelo drama ter sido cortado, ao lado da série I Am Not Okay With This.

ANÚNCIO

O criador de The Society, Christopher Keyser, tem falando sobre o cancelamento abrupto da 2ª temporada.

Criador de The Society fala sobre cancelamento abrupto da série
Foto: (reprodução/internet)

Com o cancelamento, The Society se junta à crescente lista de programas da Netflix que foram cancelados após apenas uma temporada.

Uma das razões pelas quais o programa foi cancelado foi supostamente devido ao aumento das preocupações orçamentárias devido a todos os protocolos e diretrizes de segurança que programas de TV (e filmes) devem seguir, para serem retomados em larga escala.

ANÚNCIO

Mas, esse detalhe particular não foi a coisa mais frustrante sobre o cancelamento de Christopher Keyser.

Aqui está o que ele disse à Variety: “Passamos os últimos meses nos preparando para voltar, lidando com todos os protocolos do COVID. E então recebi uma ligação da Netflix dizendo: ‘Tomamos essa decisão’. Foi obviamente muito perturbador e repentino.”

The Society, que foi filmada em Massachusetts, estava na verdade se preparando para retomar as filmagens em 20 de setembro, após ter sido adiada desde março, o que teria sido cerca de 14 meses após a Netflix ter inicialmente confirmado a renovação da 2ª temporada.

Depois de passar todo esse tempo em antecipação, podemos imaginar o quanto foi doloroso ouvir que o pessoal da Netflix decidiu não avançar com mais episódios.

Criador de The Society fala sobre cancelamento abrupto da série
Foto: (Netflix)

Christopher Keyser disse que gostaria que The Society continuasse por cerca de cinco temporadas, mas o cancelamento obviamente trouxe esse sonho ao fim. (Pelo menos na Netflix, embora seja difícil dizer se outra rede ou serviço de streaming entrará em ação.)

Christopher Keyser continuou dizendo que ele não poderia realmente fingir estar surpreso com o quão complicada seria a produção em um mundo prejudicado pelo COVID, e que muitos meses foram gastos discutindo como a série poderia continuar durante a pandemia.

O grande elenco do show, sem dúvida, desempenhou um grande papel nessas conversas.

Eis como o Keyser explicou: “Estávamos lidando com a Netflix e o aumento do orçamento e todo esse tipo de coisa. Havia conversas constantes – sabíamos que havia desafios para isso… [A 2ª temporada] deveria ser filmada principalmente no verão – mas estávamos voltando para o outono e inverno. E então eles decidiram que era demais.”

Enredo da série

Para aqueles que não estão familiarizados com o show, The Society acompanhou um grupo de estudantes do ensino médio cuja viagem de acampamento foi prejudicada por uma grande tempestade.

Ao voltar para casa, os adolescentes rapidamente percebem que os adultos da cidade desapareceram e agora eles estão sozinhos.

No verdadeiro estilo de Senhor das Moscas, os adolescentes tentam estabelecer regras e eleger a liderança para ajudar a descobrir uma maneira de sair de sua situação difícil.

Surpresa: não vai bem e – spoilers! – a grande reviravolta acontece quando é revelado que os alunos estão realmente presos em um universo paralelo, e que os adultos não desapareceram.

Com tanto suspense, os fãs provavelmente estavam ansiosos para uma segunda temporada oferecendo explicações, mas parece improvável agora que vejamos o que aconteceu com os alunos do ensino médio e se eles voltariam para seus cidade real.

O criador Christopher Keyser diz que eventualmente quer revelar o destino dos personagens aos fãs, mas que “é um pouco cedo” agora.

A primeira temporada ainda está disponível para transmissão na Netflix.

Traduzido e adaptado por equipe O Mapa da Mina.

Fonte: Cinema Blend e Variety

ANÚNCIO