Cofundador da start-up Square, morre aos 35 anos – Relembre a carreira de Tristan O’Tierney

ANÚNCIO

Nos últimos anos, o americano Tristan O’Tierney esteve atuando no ramo da fotografia, mas durante a vida construiu um carreira bem-sucedida na indústria de tecnologia. A notícia de sua morte choca todo o mundo.

Ao lado do diretor executivo e também cofundador do Twitter, de Jack Dorsey, O’Tierney criou uma das startups pioneiras em serviços de pagamento por cartões, a Square, voltada para empreendedores individuais.

ANÚNCIO

O americano morreu dia 23, aos 35 anos de idade e Pamela Tierney, sua mãe, foi quem confirmou sua morte. Ela contou não ter um diagnóstico oficial, mas é provável que a causa esteja relacionada ao vício de O’Tierney.

(Reprodução/Internet)

Confira mais sobre a história de Tristan.

Vida e carreira de Tristan O’Tierney

“Tristan fez parte da história de fundação da Square e nós estamos profundamente tristes pela sua passagem. Nossos pensamentos estão com sua família e amigos” afirmou um porta-voz da Square, à CNBC.

ANÚNCIO

O’Tierney no Alasca, cidade de Adak e nasceu em 1º de agosto de 1983, antes de se mudar para Syracuse, em Nova York. Ao se formar em Ciência da Computação pelo Instituto de Tecnologia de Rochester, no Vale do Silício ele trabalhou na equipe responsável pelo Yahoo! Messenger.

Em 2009, foi convidado por Dorsey para desenvolver o primeiro aplicativo da Square. Ele deixou a empresa em 2013 e, desde então, atuou como fotógrafo freelancer. Na Voteraide, ocupou um cargo de direção no engajamento cívico e político dos americanos, mas tinha problemas com vício.

Dependência de O’Tierney

 O’Tierney trabalhou em gigantes do Vale do Silício, como Yahoo, Apple e VMware. A morte deixou indícios que o caso vinha da dependência que ele sofria. No ano de 2017, O’Tierney veio a público e falou sobre o assunto.

“Como alguns de vocês devem saber, eu estou lutando contra a dependência nos últimos anos. Com alguns sucessos. E muitos fracassos também. A Square me preparou para a vida, mas a doença a levou”, disse ele em mensagem em outubro do ano passado.

Contudo, ele não informou qual a dependência que sofria. Sobre sua morte, Pamela informou apenas que O’Tierney sofreu uma parada cardíaca e insuficiência renal. Além dos pais, Mark e Pamela Tierney, o americano deixa uma filha de 3 anos.

ANÚNCIO