Vikings: Amazon leva primeira edição exclusiva dos dez episódios finais à frente do History Channel

Os dez episódios finais do drama histórico de Michael Hirst, Vikings, está passando do History Channel para a Amazon em sua primeira oportunidade.

O streamer fechou um acordo para ter a primeira exibição exclusiva da segunda metade da temporada final do drama da MGM. Ele vai lançar todos os dez episódios em 30 de dezembro nos EUA, Reino Unido, Alemanha, Áustria e Irlanda.

Vikings: Amazon leva primeira edição exclusiva dos dez episódios finais à frente do History Channel
Foto: (reprodução/internet)

O arranjo incomum significa que o History, que originalmente encomendou o show, terá apenas os direitos da segunda janela para um de seus principais programas. Isso ocorre quando o canal A + E Networks está saindo das séries com script retornáveis e se concentrando em minisséries limitadas.

A mudança também ocorre enquanto a Netflix está em produção com seu spin-off Vikings, Vikings: Valhalla, que está atualmente em produção na Irlanda.

Os primeiros dez episódios da sexta temporada foram ao ar entre dezembro de 2019 e fevereiro de 2020.

Relembre o que aconteceu na 6ª temporada – Alerta de Spoilers!

Criado e escrito por Michael Hirst, o drama é uma saga familiar que conta histórias da vida e aventuras épicas dos invasores e exploradores nórdicos da Idade das Trevas.

A primeira parte da sexta e última temporada terminou com uma batalha entre russos e Vikings, onde irmão lutou contra irmão, Bjorn Ironside (Alexander Ludwig) lutando por sua terra natal ao lado do Rei Harald (Peter Franzen) contra Ivar (Alex Høgh Andersen) agora lutando com as forças russas na tentativa de ganhar o controle da Noruega. A batalha termina em tragédia com Bjorn deixado como morto no campo de batalha, traído por Ivar e com o futuro de sua casa ancestral, Kattegat, em jogo.

Vikings: Amazon leva primeira edição exclusiva dos dez episódios finais à frente do History Channel
Foto: (reprodução/internet)

À medida que nos aproximamos do fim, o conflito entre os russos e os Vikings chega a um fim com graves consequências. Enquanto estiver na Islândia, Ubbe está determinado a realizar o sonho de seu pai Ragnar e navegar mais para o oeste do que qualquer Viking já viajou antes. E há negócios pendentes na Inglaterra. 

Os Vikings estabeleceram assentamentos lá e dominaram a maior parte do país – exceto Wessex. O rei de Wessex, Alfredo, o Grande, é o único governante saxão a desafiar seriamente sua dominação completa. Ivar deve enfrentar novamente, na batalha, o rei que ele só conheceu quando menino para um acerto de contas final.

Veja mais: Mulher Maravilha 1984 será primeiro filme transmitido pela HBO Max em 4K

Saiba mais detalhes técnicos

Hirst atua como produtor executivo junto com Morgan O’Sullivan da TM Productions, Sheila Hockin, John Weber da Take 5 Productions, Sherry Marsh, Alan Gasmer e James Flynn.

Vikings é uma co-produção irlandesa/canadense internacional da TM Productions e Take 5 Productions. A MGM Television atua como distribuidor mundial fora da Irlanda e do Canadá. 

“Prime Video já encantou os membros Prime com todas as cinco temporadas e meia de Vikings”, disse Brad Beale, vice-presidente de licenciamento de conteúdo mundial da Prime Video. “Em 30 de dezembro, os membros Prime nos Estados Unidos, Reino Unido, Alemanha, Áustria e Irlanda serão os primeiros a saber o destino dos personagens amados conforme o drama épico termina nos dez episódios finais.”

“Nossa saga monumental dos Vikings está chegando ao fim, mas não antes de você ter a chance de assistir alguns dos meus episódios favoritos de todos os tempos”, disse Hirst, “Prime Video irá expor de forma única o final da série para um público de streaming primeiro. Prepare-se para se surpreender e para muitas surpresas ao longo do caminho. E se você tem lágrimas para derramar, então também esteja preparado para derrama-las.”

Traduzido e adaptado por equipe O Mapa da Mina.

Fonte: Deadline