10 dicas para aumentar o limite do cartão de crédito

Os cartões de crédito são uma ferramenta muito útil no dia a dia de qualquer pessoa. Muitas pessoas querem saber como aumentar os limites do cartão de crédito para parcelar compras sem juros, adiar pagamentos, fazer compras pela Internet, ganhar milhas e outras conveniências.

ANÚNCIO

Mesmo que o cartão de crédito seja um facilitador, esse recurso também pode ser um verdadeiro vilão financeiro. Dessa forma, a nossa equipe separou 10 dicas para aumentar seu limite no cartão de crédito com segurança.

10 dicas para aumentar o limite do cartão de crédito
Fonte: (Reprodução/Internet)

1. Atualize sua renda constantemente

Se seu salário sofreu alguma alteração, seja positiva ou negativa, a melhor opção é notificar o banco. Sempre faça isso, porque a comprovação de renda é um dos fatores básicos para aumentar os limites do cartão de crédito.

10 dicas para aumentar o limite do cartão de crédito
Fonte: (Reprodução/Internet)

Mesmo que seja aquele bônus que você está ganhando da empresa, sempre é bom deixar o banco atualizado. Qualquer rendimento em seu orçamento, investimentos e até ganhos judiciais, o banco se interessa, assim lhe oferecendo um aumento de crédito.

ANÚNCIO

Não importa a situação que você encontre, vale a pena atualizar sua renda todos os anos. No processo, você pode fornecer evidências complementares, como a compra de carros, motocicletas, ativos financeiros, aluguel, bônus, pensões e participação no desempenho da empresa onde você trabalha (caso sua empresa seja privada).

2. Não atrase os pagamentos

Com certeza, essa é uma das dicas mais eficazes entre as outras que serão citadas neste artigo. As instituições financeiras sempre estão de olho na sua vida financeira e, com isso, elas conseguem saber se você é um bom pagador ou não.

10 dicas para aumentar o limite do cartão de crédito
Fonte: (Reprodução/Internet)

Sabendo disso, não deixe suas contas atrasarem para não pagar juros e também não ficar com o nome sujo na praça. A partir do momento que você tem um CPF, o seu nome já está sujeito a ir ao SPC ou Serasa, caso você não pague o que deve.

ANÚNCIO

Vale ressaltar que o cartão de crédito é uma das coisas que mais causa endividamento no Brasil. Portanto, antes de solicitar um aumento em seu limite, pense com antecedência se isso realmente é o que você precisa agora. Sabendo disso, você consegue evitar o endividamento e se acostumar com seu limite atual.

3. Não solicite muitas vezes o aumento de crédito

Eu sei que quando almejamos muito comprar algo no nosso cartão de crédito, a vontade de solicitar um aumento de crédito fala mais alto. No entanto, não deixe esse sentimento te consumir por completo. Se o banco perceber que você está pedindo um aumento de crédito eventualmente, ele vai perceber que você está desesperado e vai acabar não lhe concedendo um limite maior.

10 dicas para aumentar o limite do cartão de crédito
Fonte: (Reprodução/Internet)

A partir disso, tente solicitar o limite pausadamente. Se você pediu uma vez em um mês e sua solicitação não foi aceita, espere uns dois meses para realizar uma nova solicitação. Tente esse método até você ser aceito, mas muito provavelmente, você só vai ter o seu limite aumentado quando seu orçamento mensal também aumentar.

Por isso é sempre bom manter seus dados atualizados mensalmente ou anualmente, a partir disso você está ajudando o banco a te conhecer. Também vale ressaltar que o banco não lhe dará um limite mais alto que sua renda mensal, isso é quase impossível.

4. Sempre opte por utilizar seu cartão de crédito

Considerando que o Brasil é um dos países que mais caem em endividamento por conta do cartão de crédito, é até um pouco contraditório falar isso. No entanto, isso é uma dica essencial para você conseguir aumentar seu limite de crédito.

10 dicas para aumentar o limite do cartão de crédito
Fonte: (Reprodução/Internet)

Quando o banco analisar seus gastos e ver que você sempre está gastando no limite de crédito, eles vão perceber que o seu limite atual não está dando mais para você. Portanto, sempre gastar próximo ao seu limite é uma boa dica, mas você sempre deve estar atento aos seus gastos.

Só faça isso se você tiver condições de pagar a fatura que virá. Se você não tem as menores condições para fazer isso, deixa essa dica para as pessoas que podem fazer. Uma boa dica também é pagar suas contas com o cartão de crédito que, geralmente, elas rendem uma boa pontuação.

5. Pague suas contas com o cartão de crédito

Embora também pareça contraditório, essa dica não é conhecida por muitos. Se você tiver contas “pequenas”, como de água e luz em aberto, utilizar o cartão de crédito para pagá-las já garante um ponto extra com a instituição financeira do cartão.

10 dicas para aumentar o limite do cartão de crédito
Fonte: (Reprodução/Internet)

Pagar com o cartão de crédito é quase a mesma coisa que pagar no dinheiro, no entanto você vai ficar “devendo” ao banco. A partir do momento que você paga sua conta com o cartão de crédito, a única coisa que você deverá fazer é pagá-la quando sua fatura vencer.

Fazendo isso, você pode acumular pontos, caso você participe do programa de fidelidade de seu cartão de crédito.  Mas só é recomendável fazer isso se o correntista tiver autocontrole. Não adianta fazer esse método e gastar o dinheiro que você ia pagar tal conta.

6. Não parcele compras

O pensamento de “quanto mais gastar no cartão de crédito melhor” é verdadeiro, mas nem tanto assim. Passar suas compras no cartão de crédito realmente vai lhe dar mais oportunidades de crédito, mas ainda há uma condição.

10 dicas para aumentar o limite do cartão de crédito
Fonte: (Reprodução/Internet)

O parcelamento de compras no cartão nem sempre é tão bom assim. Quando você parcela uma compra muitas vezes em seu cartão, o banco vai perceber que você fez aquilo porque não tem aquele valor para comprar à vista.

Sabendo disso, a instituição financeira não irá lhe conceder um limite maior. Portanto, é recomendável que sempre que puder, passe suas compras à vista. Só é necessário parcelar uma compra, quando não for realmente possível pagar à vista.

7. Tenha uma boa reputação no SPC ou Serasa

Como dito anteriormente, desde quando adquirimos nosso CPF, já estamos sujeitos a ter o nome na Serasa ou SPC. No entanto, isso só acontece quando deixamos de pagar alguma dívida. A Serasa aponta sua reputação de acordo com suas finanças pessoais.

10 dicas para aumentar o limite do cartão de crédito
Fonte: (Reprodução/Internet)

Portanto, se você for um mal pagador, a Serasa taxará sua pontuação até 300 pontos. Os pontos são divididos da seguinte maneira:

  • Até 300 pontos: risco alto de inadimplência;
  • De 300 a 700 pontos: risco médio de inadimplência;
  • Acima de 700 pontos: risco baixo de inadimplência.

Quando sua pontuação for alta, o banco saberá que pode confiar em você, com isso, o limite do seu cartão de crédito pode aumentar. Para melhorar sua pontuação, mantenha os dados atualizados nos órgãos de proteção ao crédito, pague em dia e faça o Cadastro Positivo.

8. Transfira  todos os seus limites para o cartão de crédito

Por exemplo, o valor disponível no cheque especial pode ser transferido para o seu cartão de crédito. O mesmo processo pode ser feito com  limites de empréstimo pré-aprovados, linhas de crédito de curto prazo, etc.

10 dicas para aumentar o limite do cartão de crédito
Fonte: (Reprodução/Internet)

Realize o processo através do Internet Banking ou diretamente na agência. Outra dica é conversar com seu gerente para negociar melhor. Com todas essas sugestões, você pode aumentar o limite do seu cartão de crédito e usá-lo com segurança. Para isso, conte com plataformas de transferência internacional, como Remessa Online.

Assim, você pode viajar para o exterior, enviar e receber fundos e até comprar produtos ou obter serviços para empresas internacionais. Esta é outra forma de aumentar a receita e, claro, aumentar os limites do cartão de crédito.

9. Fale com o gerente

Se você conseguiu um trabalho com salário melhor, recebeu uma promoção ou obteve mais renda por algum motivo, vale a pena entrar em contato com o seu gerente para solicitar uma revisão do limite do cartão. Mesmo assim, a aprovação do crédito não é automática, pois os bancos e empresas de fintech avaliarão seu histórico de pagamentos.

10 dicas para aumentar o limite do cartão de crédito
Fonte: (Reprodução/Internet)

Mas não faça isso se você tiver uma má reputação com o gerente. Se você é daqueles clientes que vai no gerente sempre pedir empréstimos para pagar as contas, não valerá a pena solicitar um limite alto de crédito.

O gerente só vai lhe oferecer um aumento de crédito se sua vida financeira estiver estável. No entanto, se você tiver planos de ajustar sua vida financeira com o cartão de crédito, mostre seus argumentos para que o mesmo lhe dê mais limite de crédito.

10. Pague sua fatura com antecedência

Se o seu pagamento está em dia, é mais provável que você obtenha um limite mais alto. O banco mantém o histórico de pagamentos de todos os clientes. Portanto, eles sabem quando um cliente tem uma reputação negativa ou positiva. Se você sempre paga suas faturas antes do prazo, é provável que o banco aumente o limite.

10 dicas para aumentar o limite do cartão de crédito
Fonte: (Reprodução/Internet)

No entanto, não são todos os bancos que oferecem a oportunidade de pagar a fatura antecipadamente. Geralmente, as instituições financeiras que disponibilizam essa ação são as fintechs, como Nubank, Inter, Digio e outros.

Se sua fatura vencer na metade do mês, é recomendável que você pague logo. Pagando antecipadamente, você pode ter mais controle dos seus gastos mensais. Além disso, você também evita a ansiedade com um valor alto da fatura.

Não falsifique suas comprovações de renda

Vale a pena ressaltar que se você aumentar seu limite de crédito não minta sua renda mensal,, caso a instituição financeira pegue você fraudando contracheques ou outras coisas, a polícia pode ser acionada. Portanto, tenha paciência e consiga seu limite de crédito de forma justa.

Diversas pessoas tentam burlar a comprovação de renda por meio de edições de imagens. No entanto, a maioria dessas pessoas são pegas por fraude. A prisão por falsificação de documentos pode ser de até 10 anos de prisão.