Mercado de ações: saiba como funciona

ANÚNCIO

É comum ouvir nas rádios, diários e nos telejornais temas relacionados ao mercado de ações, mas a verdade é que o Brasil é um das nações em que apenas um número pequeno da população possui investimentos financeiros aplicados.

De acordo com a Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima), apenas 1% dos brasileiros investem ações na Bolsa de Valores. Também apontam um crescimento deste número, porém ainda ínfimo se comparado a outras grandes economias, como Estados Unidos e Reino Unido.

ANÚNCIO

As ações no país são negociadas por meio da Bolsa de Valores, uma sociedade de capital localizada no estado de São Paulo. Os possíveis perfis interessados em investir em algum produto financeiro precisam se informar extensivamente para ter segurança e alcançar lucratividade.

Fonte: reprodução/internet

Confira aqui um guia completo de informações sobre o mercado de ações e saiba como começar a investir hoje mesmo.

Destrinchando o mercado de ações: o que é?

A desinformação pode levar muitas pessoas a cogitarem que apenas uma especialização em economia e finanças levaria um indivíduo a compreender com extensividade o mercado de ações, contudo compreender esse segmento não necessariamente precede uma formação específica. Acompanhe como nem tudo é tão inacessível assim.

ANÚNCIO

O mercado de ações basicamente é um espaço aberto para que empresas e pessoas físicas possam investir e negociar títulos. Em outras palavras, o espaço é aberto para quem deseja investir uma parte de seu patrimônio em ações, fundos etc.

O que é uma ação?

Uma ação é uma espécie de título patrimonial que garante aos sócios de uma empresa, geralmente os seus acionistas o direito e deveres para com o bem.

Concretamente, ações são papéis ou escrituras que correspondem a menor parcela de valor de uma sociedade. E a menor parcela porque o é capital dividido. Então os acionistas dividem o valor do seu patrimônio em parcelas de ações que podem ser negociadas no mercado de ações, com objetivo de angariar recursos para os seus empreendimentos.

Exemplo: João abre uma empresa no ramo da alimentação e decide investir ações no mercado de ações, ou seja negociar partes de valor do seu patrimônio. 

Quando ele investe tem a chance de participar do lucro do estabelecimento em que escolheu (comprar ações de outras empresas), conquistando capital para crescer, e quando aplica parte de seu capital pode vender ações e ter um lucro maior que na sua aquisição.

Mercado de ações brasileiro

No Brasil todo o mercado de ações está voltado para a B3, ou para os leigos Bolsa de Valores. Segundo dados da própria instituição mais de 60 países possuem investimentos no país. O seu sistema de funcionamento é verticalmente integrado, ao qual são empregados um conjunto de ferramentas para melhor organizar os recursos. 

O capital da Bolsa de Valores é representado por títulos de empresas, basicamente formado por ações. São estas últimas que sofrem oscilações no mercado financeiro. A taxa de investidores (pessoas físicas) na B3 hoje alcança a casa dos 2 milhões, sendo que a maior porcentagem é do sexo masculino.

Empresas brasileiras na B3 

Compreendendo a natureza do mercado de ações, podemos inferir que boa parte das grandes empresas pode decidir por negociar capital na B3, almejando rentabilidade. No Brasil, quem deseja investir em algumas dessas empresas precisa ficar ligado na estabilidade e crescimento de capital da mesma.

Fonte: reprodução/internet

O valor das seguintes empresas em capital pode significar muito na hora da decisão em qual sociedade investir:

Empresa Vale

  • Valor no mercado:  R$298.150.079.500,00

Empresa Petrobrás:

  • Valor no mercado: R$ 292.600.815.120,00

Empresa Itaú:

  • Valor no mercado: R$255.197.350.450,00

Investidor em ação

Para de fato pôr a mão na massa, o primeiro passo para iniciar um investimento no mercado de ações é abrir uma conta em uma corretora e realizar a transferência de capital, em seguida escolher quais ações deseja comprar.

Novamente João, nosso exemplo, proprietário de um restaurante, decide convencer outros empresários a investir em sua empresa, porque ele acredita que ela terá boa lucratividade no futuro, uma vez que tem confiança na valorização dos títulos negociados no mercado. 

Se isso acontecer, os investidores poderão vender as ações adquiridas por um preço bem maior. 

Por isso, investir no mercado de ações tem os seus riscos, afinal as ações podem não se valorizarem de fato e ao invés de lucro pode vir prejuízo. 

Como se prevenir de prejuízos ao investir

Um simples investidor individual precisa ficar de olho nas melhores oportunidades de investimento no mercado de ações, mas além disso, precisam também se atentar aos resultados e crescimentos da empresa em que comprou ações.

Imagine que Maria investiu no restaurante de João após ser convencida de que sairia lucrando, mas a empresa declinou no valor de suas ações e ela perdeu o valor investido. Uma boa maneira de se prevenir de riscos é buscar informação com analistas do mercado, que em sua experiência podem orientar na compra e venda de ações antes de sua desvalorização. 

Resumo do que vimos até aqui

O mercado de ações é uma sociedade organizada para compra ou venda de ações. As empresas podem optar por vender parte de seu capital na tentativa de crescimento através de investimentos de outros.

Quando Maria comprou ações do restaurante, tornou-se sócia de João, podendo lucrar ou perder capital conforme a empresa valoriza ou se desvaloriza em seu valor de mercado.

Dica para complementar : A Ascensão do Dinheiro

Ficou interessado em conhecer mais sobre o mercado de ações? No livro A Ascensão do Dinheiro de autoria de Niall Ferguson, o leitor poderá mergulhar em todo o processo de desenvolvimento do mercado financeiro tal como o conhecemos atualmente.

Fonte: reprodução/internet

Niall Ferguson é um dos grandes nomes em história econômica, o livro Ascensão do Dinheiro foi publicado no ano de 2008 quando o mundo vivia os impactos negativos da crise econômica. Por meio de sua narrativa, o autor exemplificou aos leitores o que estava acontecendo.

ANÚNCIO