Dicas para economizar no IPVA em 2020

ANÚNCIO

A maioria das pessoas, buscam todos os anos, entrar no primeiro semestre do ano sem dívidas para assim poder economizar e investir em outros fundos, ao longo do ano. Principalmente devido aos gastos do início do ano, como o IPVA e DPVAT  batendo na porta daqueles que possuem um automóvel. 

Uma grande e boa notícia, é que este ano, o Seguro DPVAT, obteve uma redução média de 63,3% devido ao valor de recursos acumulados ser superior às necessidades de atuação do seguro. O que muitas pessoas não sabem, é o que são esses impostos cobrados e para onde vai todo o dinheiro arrecadado deles. 

ANÚNCIO

Image result for ipva

Vamos abordar um pouco mais sobre o seguro DPVAT (Danos Pessoais causados por Veículos Automotores de Via Terrestre), e sobre os benefícios ao pagá-lo. Também falaremos sobre as dicas para economizar no IPVA em 2020. Confira a seguir, mais informações sobre esses documentos. 

Como funciona o seguro DPVAT

Este é um recolhimento anual e obrigatório para todos os proprietários de veículos. Ele cobre casos de morte, invalidez permanente ou despesas com assistências médica e suplementares (DAMS) por lesões de menor gravidade, causadas por acidentes de trânsito em qualquer lugar do país. As vítimas e os herdeiros têm um prazo de 3 anos após o acidente para dar entrada no seguro. 

ANÚNCIO

Para onde esses impostos são destinados

Quando arrecadado, divide-se em 45% para o SUS (Sistema Único de Saúde); 5% para o Departamento Nacional de Trânsito (DENATRAN) e os 50% restantes destinam-se para o pagamento dos sinistros e despesas administrativas. 

Já o IPVA (Imposto sobre Propriedade Veicular Automotiva), indica a metade das contribuições para os cofres de município e a outra metade, para os estados e Distrito Federal. Cada um dos municípios decidem como esses recursos serão aplicados, sejam eles na manutenção de estradas, viadutos, construção de escolas ou na compra de remédios. 

Vejamos agora 5 dicas para você economizar no IPVA

1 – Pague no dia certo

Aproveite para quitar o seu documento do IPVA no dia correto, se possível, antes do dia de vencimento, assim, você consegue evitar pagar juros e ainda recebe um desconto. Podendo poupar ainda mais o seu dinheiro. 

2 – Ter um carro mais antigo pode ser a melhor opção

Verdade seja dita, quanto mais novo o carro, mais caro será o seu IPVA, portanto se você deseja economizar na hora pagar o documento, opte por um carro mais antigo. Entrando nessa condição de carro antigo, quando for comprar o seu veículo, sempre pesquise por carros mais em conta.

Se você fizer uma pesquisa com calma, é possível encontrar bons veículos por um preço mais acessível. O segredo é não ficar muito ansioso, pois assim, você consegue fazer uma boa escolha. 

3 – Participe de planos e sorteios do seu banco

Pode parecer besteira, mas vale muito a pena participar das promoções de instituições bancárias que você faz parte. Geralmente, durante alguns períodos do ano, elas oferecem serviços ou até mesmo consignações para que você possa ser premiado. Vale a pena, procurar o gerente do seu banco para analisar as propostas que ele tem a lhe oferecer. 

4 – Não parcele o valor total do seu IPVA

O parcelamento do IPVA, nunca é a melhor opção. Pode parecer que o valor saia mais em conta, porém, pode se tornar um fardo no decorrer dos meses. No valor final das parcelas estão incluídos encargos bancários, e se a sua proposta é economizar, certamente esta não é a melhor opção.

5 – Não compre um carro no final do ano

Costumamos esperar o final do ano para investir em um veículo, ou até mesmo trocar de carro. Mas, lembre-se que você terá a obrigação de pagar o IPVA dele no mês seguinte, ou seja, você gastará o valor do carro e ainda por cima, logo depois, terá que lidar com outros gastos. 

Por isso, repense a decisão de trocar de carro no final do ano, tente fazer isso, a partir do mês de janeiro, pois assim, estará livre do IPVA durante os próximos 12 meses. 

ANÚNCIO