Em clima de Olimpíadas, saiba quais os 7 bairros mais ricos de Tóquio

Tóquio é a capital do Japão. Por isso, já se considera uma cidade cara, mas dentro de lá há alguns lugares que são ainda mais caros. Estamos falando dos bairros mais ricos de Tóquio, que você vai conhecer nesse texto.

ANÚNCIO

Ah, e tem mais um detalhe, além desses bairros ricos de Tóquio, a gente também vai trazer algumas curiosidades, sobre aqueles que são ricos, mas não tão luxuosos quanto parece ser. E tem ainda os bairros “menos” indicados para quem vai para Tóquio. Veja só.

Em clima de Olimpíadas, saiba quais os 7 bairros mais ricos de Tóquio
Foto: (reprodução/internet)

1 – Omotesando

A gente vai começar com o Omotesando porque ele pode até não ser o bairro mais rico de Tóquio, mas, com certeza, entra na lista. Sem falar que é um dos mais famosos da cidade também. Inclusive, devido as construções ultramodernas que existem lá.

Em clima de Olimpíadas, saiba quais os 7 bairros mais ricos de Tóquio
Foto: (reprodução/internet)

Também se encontra lojas de luxo, como a Louis Vuitton. É verdade é que não é o maior lugar para o mundo da moda do Japão, porém, tem ótimas tendências por ali, o que acaba sendo curioso para quem gosta desse assunto.

ANÚNCIO

Só que tem um detalhe: como o lugar está bem perto de Shibuya pode ser que nem sempre seja fácil encontrar um lugar para se hospedar por ali. Ao lado tem o bairro Harajuku, que é curioso por ser um território cosplay de Tóquio.

2 – Marunouchi

Esse também não é o bairro que mais vai encantar você em termos de lojas de luxo ou hotéis 5 estrelas. Porém, estamos falando do coração de Tóquio, sendo um distrito de negócios recheado de bancos e escritórios, que fica próximo a Ginza, que será cidade abaixo.

Em clima de Olimpíadas, saiba quais os 7 bairros mais ricos de Tóquio
Foto: (reprodução/internet)

Para turistas e viajante, quase nunca é um destino de escolha, exceto se for para se alojar no JR Tokyo Station, que é chamado de “hub do transporte ferroviário do país”. O Palácio Imperial fica próximo dali também.

ANÚNCIO

Um pouco longe do luxo, mas para quem tem grana, é um lugar bom para comer ramen ou encontrar um trânsito menos intenso e mais fácil.

3 – Futako-Tamagawa

Esse bairro foge um pouco do padrão de bairros ricos de Tóquio. Isso porque estamos falando de um bairro residencial que entra na lista dos mais antigos do Japão. E logo que a cidade começou a enriquecer é para ali que foram os mais ricos do lugar.

Em clima de Olimpíadas, saiba quais os 7 bairros mais ricos de Tóquio
Foto: (reprodução/internet)

Por exemplo, é lá que está o primeiro shopping do país, o Takashimaya, uma loja de varejo japonesa. Junto com o crescimento de Tóquio, o Futako-Tamagawa também se desenvolveu, especialmente durante o início dos anos de 1990.

Hoje, comprar uma casa lá é algo que somente quem tem muita grana consegue fazer. Pelo Google Maps dá para ver como são as casas desse bairro, que acaba não sendo visitado muito por turistas, ainda que seja um bairro bem rico.

4 – Nakameguro

Pode não parecer, mas esse é sim um bairro rico de Tóquio. O lugar não é um centro comercial e sim uma zona residencial de classe média-alta – muito mais da alta, vale dizer. É conhecido por ter um canal que atravessa o bairro todo e tem as cerejeiras em flor.

Em clima de Olimpíadas, saiba quais os 7 bairros mais ricos de Tóquio
Foto: (reprodução/internet)

Para se ter uma ideia, é um bairro mais vintage muito escolhido por celebridades que vão para Tóquio e querem fugir do tradicional. Tem cafés elegantes e restaurantes caros. Na primavera acolhe muitos turistas.

Assim, se torna a melhor indicação para quem quer sentir o lado residencial mais chique da cidade japonesa e ver as cerejeiras do canal. Mas, sem muito mais atração além dessa.

5 – Denenchofu

Para quem vive na Europa e vai para Tóquio, Denenchofu é como estar em casa, literalmente. O lugar tem todo estilo europeu, só que com dizeres em japonês, claro. Entre jardins e ruas chiques, considere que é um bairro planejado por inteiro.

Em clima de Olimpíadas, saiba quais os 7 bairros mais ricos de Tóquio
Foto: (reprodução/internet)

Aliás, ele foi pensado para ser a cópia exata de Londres, na Inglaterra. Então, nada de só casas e sim um lugar com várias corporações japonesas. Para quem tem grana, como os empresários de mais sucesso e atletas da elite, o lugar parece ser ótimo.

6 – Toranomon

Esse bairro fica ao sul do Palácio Imperial e isso já indica que é um dos mais luxuosos de Tóquio. Para quem conhece a cidade, considere que ele fica próximo ao Portão do Tigre. Outra referência é o Shimabashi.

Em clima de Olimpíadas, saiba quais os 7 bairros mais ricos de Tóquio
Foto: (reprodução/internet)

Em Toranomon você encontra hotéis de luxo e construções modernas, que chamam a atenção como um centro urbano de grande importância para a região. Turistas e empresários passam por ali o tempo todo.

Para quem tem como destino turístico o Palácio Imperial, com certeza, essa cidade é uma das mais indicadas.

7 – Ginza

Parece não haver muita dúvida para o turista que vai para Tóquio que Ginza é o bairro mais rico da cidade. Entre comentários como “bairro bonito” e “lojas de grife famosas”, também é possível encontrar restaurantes renomados além de bares para a elite.

Em clima de Olimpíadas, saiba quais os 7 bairros mais ricos de Tóquio
Foto: (reprodução/internet)

Para quem gosta de moda e gastronomia, esse é o lugar certo de Tóquio. Sendo chamado de “bairro super chique”, o lugar tem um dos maiores mercados de peixe do mundo, o Tsukiji Fish Market.

E Shinjuku

Se você está procurando um lugar para ficar em Tóquio é possível que tenha ouvido falar de Shinjuku. Mas, considere que é um distrito de negócios do Japão. Portanto, é rico, mas no sentido financeiro e empresarial.

Em clima de Olimpíadas, saiba quais os 7 bairros mais ricos de Tóquio
Foto: (reprodução/internet)

É muito famoso pela estação de metrô, que é a mais movimentada do país, além das lojas de eletrônicos e arranha-céus, como o Tokyo Metropolitan Government Office. Para turistas, tem vários albergues e micro restaurantes econômicos.

Ou seja, é um lugar onde roda muito dinheiro, mas está longe de ser um lugar luxuoso de Tóquio. Resumindo a conversa: é um lugar ótimo para negócios e compra, que tem o Parque Shinjuki Gyon como principal atração.

E o Shibuya

Aqui vamos com a mesma história que acabamos de contar. Se você já viu alguma foto do Japão onde aparece um cruzamento de ruas, possivelmente, é de lá. É o lugar com o cruzamento mais famoso do mundo. É apelidado de “Times Square de Tóquio”. 

Em clima de Olimpíadas, saiba quais os 7 bairros mais ricos de Tóquio

Os visitantes que vão à Tóquio sempre passam por lá, só que não pelo luxo e sim porque fica perto de outras áreas importantes. Tem vários alojamentos, o que o torna indicado para quem busca negócios e vida noturna.

E Akihabara

Esse é um lugar rico de Tóquio se você pensa em eletrônicos. Sendo assim, é uma verdadeira Meca japonesa para os amantes da tecnologia, no geral. Você encontra de tudo lá. O lugar é famoso por ser um lugar de encontro da cultura otaku (geek).

Em clima de Olimpíadas, saiba quais os 7 bairros mais ricos de Tóquio
Foto: (reprodução/internet)

E você também encontra muitos mangás e animes, sem falar que é uma zona de Tóquio com megas lojas. Assim sendo, não é um lugar de luxo, mas com certeza, com ótimas chances de negócios – ou seja, dá para fazer um negócio da China lá ou quase isso.

Resumo: é um lugar indicado para quem gosta de eletrônicos e cafés voltados para essa área. A principal atração fica no Tokyo Anime Center.

Os lugares menos indicados de Tóquio

Falar em lugares menos indicados é uma missão bem complicada porque isso vai muito de perfil de cada pessoa. No entanto, há comentários de turistas que passaram por algumas cidades e não gostaram muito. Logo, os lugares se tornam menos indicados.

Em clima de Olimpíadas, saiba quais os 7 bairros mais ricos de Tóquio
Foto: (reprodução/internet)

A gente vai falar de alguns deles para você entender melhor. Kabukicha é o bairro que tem karaokês, bares, bordéis. Há gangster também. Já Roppongi é um bairro de escritórios de luxo. Porém, com uma diversão noturna bastante preocupante, com drogados e turistas roubados.

Uena é outro bairro que exige atenção. Ele pode ser bacana do ponto de vista da cultura, já que tem museus e zoológico. No entanto, há vários moradores de rua e do grupo Yakuza, o que o torna perigoso.

Curiosidade: Shimokitazawa

A gente queria falar um pouco mais desse bairro, porém, ele não se encaixava em nenhum tópico. Está longe de ser um bairro luxuoso, mesmo porque nem hotéis possui. Mas, nunca é contraindicado, também. 

Em clima de Olimpíadas, saiba quais os 7 bairros mais ricos de Tóquio
Foto: (reprodução/internet)

Para quem está de passagem por Tóquio e busca sossego ou algo que foge do comum, talvez, essa cidade seja a melhor pedida. É um bairro pequeno, vintage e com lojas de roupas e artigos usados. Para quem dispensa luxo, é uma ótima dica de hospedagem, também.

Aliás, na dica de hospedagem em Tóquio, saiba que você pode usar a internet a seu favor e pesquisar os melhores lugares conforme os seus gostos.

Os Jogos Olímpicos

Se você está planejando ir para Tóquio para ver os Jogos Olímpicos, que vai acontecer em 2021, devido ao adiamento de 2020 por conta da pandemia, saiba que alguns pontos turísticos podem estar fechados. Inclusive, devido a mesma pandemia, que trouxe restrições ao público.

De qualquer modo, é uma boa ideia você conhecer esses bairros luxuosos porque podem ser boas opções de hospedagens para você, se você tiver condições financeiras de garantir essas vagas. Aliás, é comum que hotéis de luxo fique super lotados, está bem? Então, planeje bem.