Saiba como calcular todo o Patrimônio Líquido

Patrimônio líquido, você sabe o que é? Muitas pessoas já devem ter se deparado com esse termo da contabilidade, a questão é: quantas pessoas realmente sabem o que significa o termo e o que devem fazer para chegar até ele. Além disso, é importante entender a importância do cálculo do patrimônio líquido para suas próprias finanças.

O cálculo da PL é fundamental para empresários e pessoas comuns entenderem sobre seus próprios patrimônios, se estão de fato evoluindo ou regredindo. Para ajudar na hora de calcular o patrimônio líquido, separamos algumas informações consideradas essenciais para realizar essa tarefa, além disso você irá descobrir para que este cálculo deve ser feito e onde o resultado será aplicado, confira os tópicos a seguir.

Saiba como calcular todo o Patrimônio Líquido
Fonte: (reprodução/internet)

Neste artigo você vai descobrir:

  • Informações sobre o patrimônio líquido;
  • Balanço patrimonial;
  • Quando o balanço é necessário;
  • Estrutura necessária para realizar o balanço;
  • Importância do balanço para empresas;
  • Como montar um relatório contábil;
  • Como é feito o cálculo do patrimônio líquido.

Prelúdio da definição de patrimônio líquido

O patrimônio líquido é fundamental para aqueles investidores e empreendedores que fazem balanços patrimoniais, mas pode ser utilizado por pessoas para verificar suas próprias finanças pessoais e fundos de investimento.

Saiba como calcular todo o Patrimônio Líquido
Fonte: (reprodução/internet)

Para chegar ao valor do patrimônio líquido é preciso levar em conta todo o valor contábil de uma entidade ou empresa. Ele se dá tomando como base o capital social, o fluxo de caixa de uma empresa e também leva em consideração os lucros acumulados.

Sendo assim, a primeira definição do que é o patrimônio líquido pode ser dada por um componente essencial para a realização do balanço patrimonial. Por enquanto essa definição vai bastar até chegarmos ao que interessa de fato.

O que é o balanço patrimonial

Basicamente, o balanço patrimonial se dá pelo relatório que apresenta a situação financeira de um negócio ou empresa. O patrimônio líquido é parte integrante deste balanço, para chegar aos resultados do balanço é necessário analisar tanto dívidas quanto lucros de uma companhia.

Saiba como calcular todo o Patrimônio Líquido
Fonte: (reprodução/internet)

O balanço contábil ou patrimonial é importante para que se consiga visualizar o comportamento de um negócio, o trajeto que é traçado pelos recursos financeiros disponíveis, serve também como fundamento para a concepção de planejamentos estratégicos e tributários.

O relatório também auxilia na hora da tomada de decisões, ou seja, elas passam a ser mais assertivas. Empresas que realizam o balanço patrimonial conseguem dados contábeis e financeiros mais corretos para se apresentar aos investidores de uma companhia.

Saiba quando é preciso fazer um balanço contábil

Tomando como base o que os especialistas do contabilizei.blog, o balanço patrimonial pode ser feito de 12 em 12 meses. Contudo nada impede que ele seja feito em um espaço de tempo menor. Fica a depender da situação da empresa, caso ela queira realizar alguns dos procedimentos mencionados acima, é recomendável a realização do relatório.

Saiba como calcular todo o Patrimônio Líquido
Fonte: (reprodução/internet)

Contudo, tomando como referência a Lei nº 6.404, pequenas, médias e grandes empresas devem apresentar demonstrativos financeiros dos exercícios sociais da companhia. Esta é uma das obrigações fiscais às quais empreendedores e empresários estão sujeitos.

Vale ressaltar que ao realizar o balanço patrimonial as empresas também devem apresentar o documento conhecido como “DRE”, isto é, Demonstração do Resultado do Exercício. Ele funciona como evidências dos lucros ou prejuízos de uma empresa, deve ser apresentado ao governo para que este confira se foi calculado corretamente os impostos e os lucro declarado pela companhia.

Entenda a estrutura de um balanço patrimonial

Para conseguir elaborar o relatório com eficiência é preciso utilizar pelo menos três informações fundamentais da empresa: o ativo, o passivo e o patrimônio líquido. Para se fazer um balanço eficiente entenda melhor o que significa o ativo e o passivo de uma empresa ou pessoa física.

Saiba como calcular todo o Patrimônio Líquido
Fonte: (reprodução/internet)
  • Ativo: entendemos por ativos, todos os recursos e bens de uma empresa ou pessoa, tudo o que possa conceber um valor contábil ou econômico, por exemplo, são considerados ativos o dinheiro em caixa, estoques, imóveis, dividas e lucros a receber, em outras palavras, tudo o que pode ser convertido em valor monetário.
  • Passivo: se o ativo são os recursos, o passivo é entendido como as despesas e obrigações, contas a pagar, seja para fornecedores ou para o governo, tributos, impostos, dívidas a se quitar, ou seja, são todas as saídas de dinheiros da empresa ou da pessoa física.

A diferença entre esses conceitos da contabilidade se dá basicamente pelo fluxo monetário, em um são os recebidos e no outro as saídas e despesas. Para conseguir alcançar as informações sobre o patrimônio líquido, é preciso obter as informações sobre o ativo e o passivo.

O que acontece quando esse balanço não é realizado

Os empreendedores e empresários que não realizam o relatório se envolvem em diversos problemas. Por exemplo, sem o balanço fica muito difícil dividir o lucro corretamente com os investidores, em casos de processos tributários a empresa fica impedida de usar os dados contábeis, fiscais, como forma de defesa.

Saiba como calcular todo o Patrimônio Líquido
Fonte: (reprodução/internet)

Além disso, é fundamental para os casos de dissoluções de sociedades, é por meio do balanço que se descobre qual é a parte cabível para cada um dos sócios. Sem o balanço as empresas ficam impossibilitadas de reclamar alguma recuperação judicial.

Sem o relatório, fica impossível acompanhar o desenvolvimento financeiro de uma empresa, por isso é fundamental manter-se em dia com o balanço patrimonial, é por meio deste que os gestores conseguem entender a situação de suas companhias.

Veja como montar o seu balanço patrimonial

Agora que já elucidamos um pouco os conceitos básicos da contabilidade, vejamos como realizar a montagem correta do relatório contábil.

Saiba como calcular todo o Patrimônio Líquido
Fonte: (reprodução/internet)

Siga o passo a passo a seguir para garantir que o balanço seja feito corretamente:

  • O primeiro passo para conseguir fazer um relatório eficiente é buscar reunir todas as informações mencionadas nos tópicos anteriores. Por isso, selecione tudo o que é referente à parte financeira da empresa, caso consiga, separe-as conforme data de lançamento ou natureza do lançamento;
  • Em seguida, é necessário realizar a adequação do saldo contábil, para depois o comparar a documentos bancários e livros diários, tomando como base a origem de cada um dos registros;
  • Após essa comparação reclassifique e reavalie as contas referentes ao patrimônio, tendo em vista chegar a real situação da companhia;
  • Realize os cálculos necessários para saber de fato se um negócio teve lucros ou prejuízos no período a ser analisado;
  • Por fim faça a classificação das contas patrimoniais, nesta etapa é preciso considerar que os resultados positivos sejam adicionados aos lucros e os prejuízos acumulados devem contar com os resultados negativos.

Saiba como é feito o cálculo do patrimônio líquido

Lembre-se que para conseguir realizar o balanço patrimonial mencionado nos tópicos anteriores, é necessário primeiro fazer o cálculo do seu patrimônio líquido. Por isso é necessário atentar-se aos conceitos já mencionados neste artigo.

Saiba como calcular todo o Patrimônio Líquido
Fonte: (reprodução/internet)

Calcular o patrimônio líquido é extremamente simples, existe uma fórmula básica que pode ser utilizada por qualquer um que detenha as informações necessárias como ativos e passivos da empresa.

Basta realizar a subtração do valor do ativo pelo passivo. Para demonstrar melhor como é feito o cálculo se atente a este exemplo, se sua empresa tem cerca de 300 mil reais em ativos e 250 mil em passivos, o patrimônio líquido será de 50 mil reais. Parece complicado, mas a fórmula simples facilita o processo de identificação do patrimônio líquido.

Com esta informação é possível elaborar um balanço patrimonial com um bom nível de assertividade.

Confira mais conceitos básicos da contabilidade

Ao realizar um balanço patrimonial o ativo e o passivo são separados por certas estruturas ou agrupamentos. Essa divisão é feita para auxiliar na hora da análise do relatório contábil.

Saiba como calcular todo o Patrimônio Líquido
Fonte: (reprodução/internet)

Sendo assim, a separação se dá, da seguinte maneira, confira abaixo:

  • Ativos circulantes: são aqueles elementos (bens e direitos), que podem ser convertidos em valores, em períodos inferiores a um ano. São estes estoque, aplicações, contas a receber, tributos a ser recuperados;
  • Ativos não circulantes: são os mesmos elementos mencionados acima, mas que necessitam de mais de um ano para serem convertidos em valores, exemplos são os investimentos;
  • Passivos circulantes: assim como os ativos circulantes, são as despesas que vencem em um prazo inferior a um ano. Como impostos municipais, estaduais e federais;
  • Passivos não circulantes: despesas, dívidas e obrigações que tem um prazo de vencimento superior a um ano, como empréstimos de longo prazo;
  • Capital social: é todo o montante investido desde a abertura da empresa até o momento em que esta passa a gerar lucros próprios, o capital social também é levado em conta na hora da realização do cálculo do patrimônio líquido.

Assista o vídeo a seguir para mais informações

Tendo chegado até aqui, que tal assistir um vídeo bastante informativo e didático sobre o que é o patrimônio líquido? Caso não tenha ficado claro e ainda restem algumas dúvidas da importância e funcionalidade do conceito assista o vídeo abaixo:

Para quem mexe com finanças é preciso aprender a destrinchar os conceitos contábeis, esse tipo de informação é essencial para se obter sucesso no mercado financeiro, seja qual for o segmento escolhido.