Descubra quais são os 10 consoles mais caros do mundo

Nos dias atuais, o mundo tem ouvido falar sobre o lançamento de consoles como Play Station VR, HTC Vive e Oculus Rift. Porém, se a gente dar um passo para trás, vamos ver que outros lançamentos também marcaram o mercado e com preços bem altos.

ANÚNCIO

Para se ter uma ideia, eles chegaram a serem vendidos pelo equivalente hoje a US$ 800, o que é bem caro mesmo, não é? A gente tem abaixo um texto que mostra qual é o valor que representaria os lançamentos da época, que vem lá de 1977. Confira. 

Descubra quais são os 10 consoles mais caros do mundo
Foto: (reprodução/internet)

Os consoles mais caros do mundo

Antes de começar é importante a gente falar uma coisa. A ideia foi atualizar o preço dos vídeo games com base em índices e percentuais, como a inflação. Assim, o valor dele não se refere ao preço que foi vendido na época e sim o valor que seria vendido hoje. 

Descubra quais são os 10 consoles mais caros do mundo
Foto: (reprodução/internet)

Logo, é claro que o Saturn não foi vendido por US$ 400 em 1995. Só que o preço dele na época do lançamento é o que vale US$ 400 hoje, entendido? Sabendo disso, vamos ao que interessa!

ANÚNCIO

A lista está ordenada por preços considerados dos mais acessíveis aos mais restritos. E esse estudo nos permite observar como os novos lançamentos tem acontecido, como é o caso do HCT Vive, do Oculos Rift e do PS VR, que citamos no começo dessa matéria. 

10 – Atari 2600 (1977)

A gente já citou o Atari aqui, lembra? Então, o 2600 tinha um valor de US$ 199 mais ou menos. Aliás, o nome completo dele era Atari Video Computer System, sendo o primeiro responsável pela febre dos video games no mundo. Todo mundo queria ter um em casa. 

Descubra quais são os 10 consoles mais caros do mundo
Foto: (reprodução/internet)

Ele deu a possibilidade de rodar vários jogos a partir de cartuchos, o que era impensável para a época. O trunfo veio com jogos como Space Invaders e Pac Man. Era como ter um fliperama em casa, diziam as pessoas. 

ANÚNCIO

E se o preço dele não era tão barato, os cartuchos eram bem mais acessíveis, partindo de US$ 20. O problema é que ele só teve mais sucesso devido ao crash de 1983. Nesse console dava para usar vários controladores, como joystick, paddles, driving controller, trackball, keypad.

9 – Atari 5200 (1982)

Esse também é um jogo quase que milenar. Brincadeiras à parte, saiba que o Atari foi quem dominou o mercado dos games antes de qualquer empresa. Isso vem lá da década de 1980. Só que a partir disso, a concorrência aumentou muito. 

Descubra quais são os 10 consoles mais caros do mundo
Foto: (reprodução/internet)

Por isso, a empresa norte-americana resolveu turbinar os seus games e o clássico 2600 se tornou um 5200. O que aconteceu foi uma grande melhoria em software. O problema é que o preço ficou bem alto na época, partindo de US$ 269. 

O resultado ruim não se deve apenas ao preço, mas também ao fato de que o controle, que já era analógico, era difícil de ser manuseado. O gráfico também não mudou muito da versão antiga. E, por fim, em 1983 houve um crash no mercado e o Atari 5200 fez pouco sucesso. 

8 – Mattel Intellivision (1980)

Ainda antes do crash de 1983, o Intellivision surgiu por cerca de US$ 275. Ele foi o que chegou mais perto de concorrer com o Atari 2600. Até que tinha um hardware bom, com estrutura modular e vários acessórios. Tinha até um serviço de assinatura para baixar jogos pela TV. 

Descubra quais são os 10 consoles mais caros do mundo
Foto: (reprodução/internet)

O problema estava mesmo no preço dele. Isso porque o Atari era metade do preço, né. Assim, poucos países fora dos Estados Unidos comercializaram o game. A marca foi vendida pela Mattel mais tarde. E ele chegou a sua segunda geração mais tarde.

7 – Sega Saturn (1995)

O Sega veio logo após o Mega Drive. E o que ninguém esperava é que ele conseguiria manter o sucesso do seu antecessor. Mas ele conseguiu. O Sega Saturn foi uma aposta japonesa, que saiu junto com um modelo norte-americano, o Sega 32x. 

Descubra quais são os 10 consoles mais caros do mundo
Foto: (reprodução/internet)

O Saturn, no entanto, foi o que mais vendeu na época, ainda mais por conter o árcade. Só que no restante do mundo, o Play Station dominou. E o motivo tem tudo a ver com esse texto: o Saturn era bem mais caro, custando US$ 400 enquanto que o PS tinha um valor mais acessível.

Outra coisa é que o console da Sony tinha mais opções de jogos.

6 – NEC Turbo Grafx CD (1989)

Voltando à pré-história dos consoles, a gente tem o NEC, que veio antes mesmo de a Sega apostar suas versões em CD. Assim, o NEC foi campeão de vendas no Japão, sendo chamado de PC-Engine. Porém nunca foi bom no ocidente. US$ 400 seria o preço dele.

Descubra quais são os 10 consoles mais caros do mundo
Foto: (reprodução/internet)

Um dos motivos é que o Mega Drive chegou primeiro nessa região do mundo e teve um trabalho de marketing com muito mais resultado também. Ainda assim, o NEC tem a sua história ao ser o primeiro video game com CD do mundo. O problema ficou no preço.

5 – Apple Bandai Pippin (1996)

É isso mesmo que você está lendo, viu. A Apple também tem história no assunto dos consoles mundiais. Porém a maioria foi um fracasso. O Pippin é só um exemplo deles. O lançamento foi em 1996 e o preço era bem alto US$ 600. Ele foi feito em parceria com a Bandai, do Japão.

Descubra quais são os 10 consoles mais caros do mundo
Foto: (reprodução/internet)

Ele era um híbrido, entre computador e console e tinha até acesso à internet. Isso porque ele era um console com preço de computador. Depois, porque o Play Station, que era vendido na época por metade do valor, já tinha feito o seu sucesso. 

O produto vendeu apenas 42 mil unidades no mundo todo. 

4 – Sony PS3 (2006)

Agora vamos dar um salto na história dos consoles no mundo. 2006 foi o ano de lançamento do PS3. O video game de 60 GB foi vendido a um preço de US$ 600. Ele tinha componentes de ponta e era visto como uma tecnologia avançada na época. 

Descubra quais são os 10 consoles mais caros do mundo
Foto: (reprodução/internet)

Por exemplo, tinha leitor de Blu-Ray, processador Cell e chip gráfico. Além das placas de Wi-Fi e Bluetooth. Porém o resultado foi ruim do ponto de vista financeiro: foi um video game muito caro e para poucos. Um ano antes, o Nintendo Wii era vendido por US$ 249. 

Esse foi o valor mais alto para uma versão do PS, sendo que as versões 1 e 2 foram lançadas a um preço bem mais acessível, respectivamente em suas épocas. 

3 – SNK Neo Geo AES (1991)

O ano era de 1991. O preço era de US$ 650. E a história conta sobre outro fiasco. Isso porque a NSK dominava o mercado de fliperamas no mundo. E teve a brilhante ideia de ir para o mercado de consoles. Só que os componentes usados eram avançados demais.

Descubra quais são os 10 consoles mais caros do mundo
Foto: (reprodução/internet)

Logo, havia dois processadores, chip gráfico e um preço astronômico. Assim, o preço era mais do que o dobro do concorrente SNES. E havia outro problema: os cartuchos também eram caros. A ideia de video game super caro não vingou. 

Ainda assim, conseguiu fazer algumas vendas para um público fiel e criou até novas versões, como o CD e o Pocket.

2 – 3DO (1993)

Descubra quais são os 10 consoles mais caros do mundo
Foto: (reprodução/internet)

Logo após o lançamento do SNK Geo veio o 3DO, que teve um final parecido: a ideia era muito boa, só que o preço assustou os consumidores. Na época, o valor era algo que valia US$ 700. Ou seja, algo bem caro, né. Sendo assim, pouco sucesso também. 

Curiosamente, saiba que foi ideia do Trip Hawkins, fundador da EA, que iniciou o produto e deu base para que grandes empresas criassem o videocassete, como foi o caso da Panasonic, da Sanyo e da Goldstar. 

Ele foi visto como sendo o video game mais caro do mundo e para piorar não tinha jogos exclusivos. Com a chegada do Play Station e do Sega Saturn, o 3Do perdeu totalmente a cena.

1 – Philips CD-i (1991)

No mesmo ano do Neo Geo, a Philips lançou o seu console. Isso porque ela e a Sony lançaram a ideia de CD Interativo, que tinha preço assustador, de US$ 800. Além disso, a interatividade e o marketing não conseguiram surtir efeito desejado.

Descubra quais são os 10 consoles mais caros do mundo
Foto: (reprodução/internet)

Ainda que fosse um console futurista, ele era semelhante ao Mega Drive, além dos jogos da franquia da Nintendo, como é o caso dos famosos Zelda e Mario. 

Um destaque dele é que o consumidor poderia usar de aplicações de multimídia e interatividade em TVs comuns, como a partir de um aplicativo educacional, músicas, jogos ou até mesmo karaokês e enciclopédias. 

Outros consoles famosos

Agora, se você notou a ausência de consoles como Nintendo Wii, Nintendo 64, Super Nintendo, Sega Genesis, Microsoft Xbox 360 e outros, considere que é porque eles foram lançados com preços mais populares. Curiosamente, até mesmo o Play Station VR entra nessa ideia.

Já o outro novo lançamento, o HTC Vive e o Oculus Rift entram como opção mais cara. Isso porque eles estão sendo oferecidos no mercado por preço de US$ 800 e US$ 600, o que quer dizer que entrariam na parte mais cara da lista que fizemos acima, ficando nas primeiras posições.