Quais os livros mais caros de todos os tempos? Confira os 12 mais caros

Os livros mais caros de todos os tempos estão nesse ranking porque são relíquias. Assim, eles são estimados por colecionadores, sendo vendidos e comprados por cifras milionárias. E você pode achar um exagero, mas considere obras de da Vinci e Shakespeare, por exemplo.

ANÚNCIO

Ao ler esse conteúdo, observe que além do preço super elevado, as obras literárias possuem também uma importância histórica, em todos os casos. Logo, são manuscritos que foram escritos em séculos passados. E as últimas compras foram feitas até mesmo por governos.

Quais os livros mais caros de todos os tempos? Confira os 12 mais caros
Foto: (reprodução/internet)

12 – Bestiário Northumberland

O documento foi escrito na Inglaterra durante os anos de 1250 e 1260, sendo que o nome indica que é um livro dedicado a catalogar as bestas.

Quais os livros mais caros de todos os tempos? Confira os 12 mais caros
Foto: (reprodução/internet)

Ou seja, é uma espécie de enciclopédia que traz definições e ilustrações de animais ferozes reais ou imaginários. Assim, o livro também traz fábulas e parábolas dedicas a transmissão de preceitos morais. 

ANÚNCIO

A obra é de 1987 e foi vendida por US$ 4,4 milhões.

11 – Tratado sobre Árvores Frutíferas (Henri Louis Duhamel du Monceau)

O Traité des Arbres Fruitiers é do Henri e tem ilustrações de Pierre Antoine Poiteau e Pierre Jean Francois Turpin. 

Quais os livros mais caros de todos os tempos? Confira os 12 mais caros
Foto: (reprodução/internet)

É uma obra que tem 5 volumes e foi escrita em 1750. Ela traz informações sobre 16 espécies de árvores e seus frutos. No ano de 2006, uma das cópias, que é bem rara, foi comprada por US$ 4,5 milhões. 

ANÚNCIO

10 – Bíblia de Gutenberg

Estamos falando de um documento histórico, importante, religioso. Também chamada de A Bíblia do Antigo Testamento, esse texto foi impresso por Gutenberg no ano de 1455 na Alemanha e se tornou importante por marcar a produção de livros em massa.

Quais os livros mais caros de todos os tempos? Confira os 12 mais caros
Foto: (reprodução/internet)

Assim, estudos dizem que foram feitas 180 cópias, sendo 45 em pergaminho e outras 135 em papel. Porém, acredita-se que menos de 5 dezenas existam nos dias atuais por motivos de força maior, temporal. 

No ano de 1987 um desses exemplares foi vendido em Nova Iorque pelo preço de US$ 4,9 milhões, sem que se saiba, exatamente, detalhes do comprador. 

9 – First Folio (William Shakespeare)

A publicação original de Londres é uma coleção de peças teatrais de Shakespeare. Ela foi lançada em 1623 e em 2001 foi leiloada por US$ 6 milhões. O comprador daquele ano foi ninguém menos do que Paul Allen, um dos fundadores da Microsoft.

Quais os livros mais caros de todos os tempos? Confira os 12 mais caros
Foto: (reprodução/internet)

Curiosamente, na época, as peças eram vendidas por 1 libra. Além disso, acredita-se que foram feitas em torno de 750 cópias. Mas, apenas 2 centenas delas sobreviveram aos dias atuais. 

8 – Os Contos de Cantuária (Geoffrey Chaucer)

Temos aqui a primeira obra literária escrita em inglês pelo Chaucer. Ela é do fim do século XIV e tem relatos narrados por um grupo de peregrinos que vai até o templo de São Tomás Becket, o arcebispo da Cantuária, no Reino Unido.

Quais os livros mais caros de todos os tempos? Confira os 12 mais caros
Foto: (reprodução/internet)

Assim, a data estimada dele fica entre 1162 e 1170. No ano de 1998, o livro foi arrematado em um leilão após um lance de US$ 7,5 milhões. O original é “The Canterbury” e o leilão foi de 1998, sendo que as primeiras cópias eram vendidas por 6 euros.

7 – Aves da América (John James Audubon)

É um livro americano raríssimo de ser encontrado. E mesmo que você encontre vai ter que pagar muito caro para tê-lo. O valor dele é quase que inestimável. Mas, também foi estimado em 2010, quando uma das cópias foi vendida por US$ 11,5 milhões e sem mais detalhes.

Quais os livros mais caros de todos os tempos? Confira os 12 mais caros
Foto: (reprodução/internet)

Assim, o Birds of America entra na lista dos livros mais caros de todos os tempos. É uma ilustração do naturalista John Audubon, sendo que as primeiras publicações aconteceram entre 1827 e 1838. Algumas cópias são da mesma época, como a que foi vendida em 2010.

6 – Livro de Oração Rothschild

Mais um livro religioso que vale muito é esse daqui e quem comprou pela última vez foi o australiano Kerry Stokes, em um leilão que aconteceu em Nova Iorque. O valor pago na época foi de US$ 13,4 milhões. 

Quais os livros mais caros de todos os tempos? Confira os 12 mais caros
Foto: (reprodução/internet)

Hoje em dia, esse livro está exposto na Biblioteca Nacional da Austrália, sendo muito influente por trazer um compilado de vários artistas. Ele faz parte de um grupo de elite de manuscritos que foram encontrados, sendo escrito entre 1490 e 1520.

5 – O Livro de Salmos da Baía

No original, a gente tem o nome de Bay Psalm Book. Esse foi o primeiro livro impresso em território americano e por isso ele tem um valor tão impressionante. Ou seja, estamos falando de um documento histórico, de 1640.

Quais os livros mais caros de todos os tempos? Confira os 12 mais caros
Foto: (reprodução/internet)

Até hoje, só foram encontrados 11 exemplares dele, sendo que um foi leiloado em 2013 em Nova Iorque. Quem levou a melhor, arrematando a obra, foi o banqueiro David Rubenstein, que deu um lance de US$ 14,2 milhões

Curiosamente, Rubenstein estava na Austrália no dia do leilão. Mesmo assim, por telefone, ele conseguiu fazer os lances e levar a obra rara.

4 – O Evangelho de São Cuthbert

Esse é o Evangelho de São João. Então, você pode pensar: porque custa tanto? Saiba que é uma cópia original, em latim, do século VII, o que faz com que o valor seja quase que incalculável. Mas, dá para calcular sim.

Quais os livros mais caros de todos os tempos? Confira os 12 mais caros
Foto: (reprodução/internet)

O manuscrito intacto mais antigo da Europa é uma relíquia que foi encontrada em 1104 no túmulo do bispo de Lindisfarne. Ele morreu em 698. No ano de 2012, a compra foi feita pela British Library por nada menos do que US$ 14,3 milhões, o mesmo que o livro abaixo.

Assim, a instituição arrecadou metade do valor por meio de doações após uma forte campanha para ter a obra em seu acervo. 

3 – A Magna Carta

A Magna Charta Libertatum, em latim, é uma carta importante que conta direitos das pessoas. Ela foi acordada com o Rei João, da Inglaterra em Runnymede. Assim, tem um grau elevado de importância porque é um dos únicos 4 originais do texto, que é de 1215.

Quais os livros mais caros de todos os tempos? Confira os 12 mais caros
Foto: (reprodução/internet)

O objetivo do documento era um só: manter a paz. Na tradução, essa Grande Carta, trouxe princípios para que todos estivessem sujeitos à lei e garantissem o direito das pessoas.

Isso também envolveu os deveres do rei, da igreja, da justiça rápida. O valor da relíquia é e US$ 21,2 milhões.

2 – Os Evangelhos de Henrique, o Leão

The Gospels of Henry the Lion é o título original. Ele foi encomendado pelo Duque da Saxônia, Henrique, o Leão. A ideia era expor ele no altar da Virgem Maria, na Catedral de Brunswick, que é uma igreja luterana que fica na Alemanha.

Quais os livros mais caros de todos os tempos? Confira os 12 mais caros
Foto: (reprodução/internet)

No ano de 1983, o governo alemão fez a compra da obra pelo valor de US$ 22 milhões. O livro tem 266 páginas e mais 50 ilustrações de páginas inteiras, sendo considerado uma obra-prima do manuscrito romanesco do século XII.

Por fins de curiosidade, considere que Henrique, o Leão, também foi Duque da Baviera, sendo um nobre medieval do século XII e que tinha esse apelido que deu símbolo ao brasão de Brunsvique. Está por trás da Catedral de São Brás e da refundação de Lubeck.

1 – Código Leicester (Leonardo da Vinci)

Assim, a gente chega no livro mais caro do mundo. A obra “Código Leicester” ou “Códice Hammer” é uma compilação de textos e ilustrações de ninguém menos do que Leonardo da Vinci. Assim, é um manuscrito que é datado entre 1508 e 1510.

Quais os livros mais caros de todos os tempos? Confira os 12 mais caros
Foto: (reprodução/internet)

A obra tem uma grande quantidade de estudos de várias áreas, como meteorologia e paleontologia. Também há textos autobiografados e relatos das viagens de da Vinci. 

A última compra foi feita em 1994 pelo empresário bilionário Bill Gates, da Microsoft. Ele pagou um valor incrível de US$ 30,8 milhões, fazendo desse manuscrito, Codex Leicester, o livro mais caro de toda a história. 

Os leilões de livros

É curioso saber que os leilões de livros acontecem em vários lugares do mundo, como em Nova Iorque, que foi citada acima. Além disso, conforme a relíquia, eles não precisam acontecer em Bibliotecas Nacionais e podem ser organizados por quaisquer empresas responsáveis. 

Quais os livros mais caros de todos os tempos? Confira os 12 mais caros
Foto: (reprodução/internet)

Além do mais, hoje me dia há a possibilidade de leilões virtuais, o que também pode ser uma boa ideia. Mas, tornou-se ainda mais importante a avaliação sobre a empresa que organiza tais eventos, já que há outras fraudulentas atuando no mercado.

Até mesmo porque nós vimos que teve um comprador que fechou o acordo por telefone, você leu isso acima, não é? Por fim, uma curiosidade final sobre esses leilões é que eles acompanham a evolução humana, já que é uma prática que vem desde 500 a.C. 

Os itens mais curiosos que foram leiloados

Além dos livros, que são consideradas relíquias históricas e culturais, saiba que ao redor do mundo outros itens, produtos ou obras de artes também foram leiloadas, só que de modo muito mais curioso e até mesmo exótico. Por exemplo, impérios, ilhas e atum.

É isso mesmo. Em 2013, um atum gigante foi leiloado por mais de US$ 1,7 milhão. Isso porque ele tinha 222 quilos. Já sobre o império, estamos falando do ano de 193, quando Dídio Juliano e Tito Sulpiciano ofereceram lances para comandar Roma. E a ilha no Brasil foi leiloada em 2015, por R$ 25 milhões.