Veja como fazer uma boa compra em leilão de carros

ANÚNCIO

Pensando em adquirir um carro? Leilões são uma ótima oportunidade de achar diferentes veículos e preços. Existem algumas dicas de como ir bem nesse tipo de compra e você deve ficar bem atento a esses três passos para não ser surpreendido.

Os leilões de carro ficam cada vez mais comuns no Brasil, principalmente os leilões online. Eles possibilitam a venda de carros recuperados por financiadoras, seguradoras, frotistas e carros tomados por meio de processos judiciais. Neste tópico é preciso ficar atento.

ANÚNCIO

As compras servem tanto para uso próprio do veículo, como para transformar o carro em dinheiro. Cada vez mais, pessoas investem nisso. Porém, é preciso contar com algumas dicas e informações na hora de comprar um carro em leilão.

Veja como fazer uma boa compra em leilão de carros
Fonte: (Reprodução/Internet)

Confira como fazer uma boa compra em leilões de carro.

Passo 1: fique atento ao tipo de leilão

Se o seu objetivo é comprar um carro para uso ou para venda, é preciso seguir o mesmo protocolo. A qualidade e a procedência do veículo são tópicos indispensáveis na hora de fazer esse negócio. Não é raro pessoas se arriscarem em compras assim visando apenas o lucro, e se meterem em uma completa mancada.

ANÚNCIO

Escolher bem o leilão é o primeiro passo para garantir tanto a qualidade do carro como a procedência. Por isso, é indicado que não se opte pelos leilões judiciais, pois os carros estão com alguma questão na justiça e isso diminui o preço, mas aumenta o problema depois.

Portanto, fique atento e saiba que leilões de seguradoras também podem conter veículos com algum processo na justiça. A compra de carros nesses dois casos, pode ser dificultada pelo dono original do carro com uma liminar, por exemplo, dificultando a regulamentação da sua compra. Dê preferência a leilões de financiadoras e frotistas.

Passo 2: veja o carro

Os leilões de financiadoras são aqueles em que os compradores originais não conseguiram pagar o veículo e portanto, tiveram que devolver a compra. Nesses casos, é comum que o carro esteja em bom estado. O mesmo pode acontecer nos leilões de frotistas, que são carros de empresas e locadoras.

Contudo, ser precavido é lei nos lances de leilões. Eles funcionam com editais que devem ser atentamente lidos. Qualquer tópico na compra do veículo que você perdeu, pode te surpreender negativamente lá na frente. Outra surpresa pode ser evitada vendo o veículo pessoalmente, pois é preciso confirmar o real estado do carro.

Examine se existem defeitos, faça uma análise e saiba se o concerto compensa. Para isso, levar um mecânico com você é ideal. Se quer vender o carro, outro ponto a ser analisado é que veículos de leilões normalmente são vendidos de 5% a 10% abaixo do valor de tabela.

Passo 3: Fique atento às taxas e ao valor

Em um leilão é preciso considerar que, além do valor do arremate, existem taxas a serem pagas por carro comprado. As taxas podem ser administrativas que mudam de acordo com o preço do carro e também da diária do pátio que o carro está. Considere e coloque na ponta do lápis para de fato fazer uma boa compra.

As taxas ficam no edital, e por isso é muito importante ler com atenção. Lá, você ficará sabendo, por exemplo, que 5% do valor fica com leiloeiro. Outro ponto é que você só deve dar um lance se for realmente comprar, pois em leilões públicos não é permitido cancelar o lance depois.

Você achou um carro com tudo em cima, o valor e as taxas estão ok, mas o carro está em Manaus e você mora em Belo Horizonte. E agora? Neste caso, considere que o CRLV, que é o documento que permite o carro rodar na rua, demora alguns dias para sair. Portanto, você terá que arcar com os custos do guincho para viagem. Evite carros de outros estados.

ANÚNCIO