Como começar a investir o seu dinheiro

Durante muitos anos a poupança foi um meio de guardar dinheiro mais utilizado pelos brasileiros. Com o passar dos anos, as pessoas foram percebendo que a poupança é algo bom. Porém, existem algumas alternativas melhores para fazer o seu dinheiro render. Muitos especialistas chamam isso de: “fazer o dinheiro trabalhar”. Isso significa que em um dado momento, com a rotina de investimentos, seu dinheiro irá aumentar substancialmente.

Para que isso aconteça é preciso entender um pouco do assunto para definir as melhores estratégias. O primeiro passo, é ter a visão que investir é diferente de poupar. Pesquisas recentes mostram que 75% dos brasileiros não conseguem poupar nem um pouco dos seus recursos. Em contrapartida, muitas pessoas têm buscado cursos sobre finanças e investimentos porque acreditam que estarão ingressando nesse universo incrível e alcançando os seus sonhos. 

começar a investir
Fonte: Imagem Internet

Essas pessoas entenderam que o investimento é uma excelente saída para valorizar da melhor forma os seus ganhos. Se você deseja utilizar o seu dinheiro em aplicações que rendam juros é preciso compreender alguns passos, acompanhe a seguir:

Escolha uma corretora 

Escolher uma corretora de valores ao qual você confia e se identifica com a maneira como eles trabalham, não é uma tarefa muito fácil. Porém, representa o primeiro passo para quem deseja iniciar nesse universo. As corretoras são as empresas que irão intermediar a compra e venda de títulos financeiros de seus clientes, além de cuidar de um maneira geral dos seus investimentos, dando dicas e fazendo o 

Existem corretoras que são associadas a alguns bancos já conhecidos, e existem outras que trabalham de maneira independente. Decida em qual modelo você se identifica mais.No caso das corretoras associadas a bancos, é mais fácil verificar a sua credibilidade, levando em consideração que elas estão atreladas a instituições conhecidas no mercado. Quando se trata de uma corretora autônoma é preciso fazer uma pesquisa mais minuciosa para determinar se elas são confiáveis ou não. 

Monitore seus investimentos

Aprenda a monitorar os seus gastos e ganhos nesse incrível mundo do investimentos. Além de manter um bom relacionamento com a sua financeira,  você poderá ficar por dentro de todas as notícias relacionadas ao seu dinheiro. Se possível, baixe aplicativos que te auxiliam a fazer esse controle. Lembre-se que são diversos os tipos de investimentos e existe um aplicativo para cada caso.

Algumas corretoras têm seus próprios aplicativos, fazendo com que seus clientes tenham muita facilidade na hora de monitorar seus investimentos. Conheça alguns aplicativos que poderão te auxiliar nesse processo:

Faça aportes mensais

Muitas pessoas acreditam que investir é só pegar uma quantidade de dinheiro, jogar nas mãos da corretora e deixar pra lá que o valor irá se multiplicar sozinho. Não é bem assim que funciona. Para que os seus ganhos sejam consideráveis, é preciso fazer investimentos mensais. Não é preciso lançar uma grande quantia sempre, mas é necessário uma constância. Lembre-se que que quanto mais você investe (com pesquisa e sabedoria) mais chances de ganhar você terá. 

Tenha disciplina e paciência 

Dentro da perspectiva da constância, recomendamos também, que você tenha disciplina e paciência. O mercado oscila bastante, então é importante saber que em alguns dias você ganhará mais e em outros dias menos. Existem também, os tipos de investimentos que podem variar de acordos com as tendências de mercado. Nessa hora a paciência será sua grande companheira. 

Porque investir?

Os investimentos podem abrir portas para que você realize um sonho ou cumpra metas aos quais você não tenha recursos. Outro ponto importante é pensar no seu futuro, mantendo uma “renda extra” através dos investimentos, você estará protegido das eventualidades da vida como um desemprego por exemplo. Uma característica muito marcante nas pessoas que aprenderam a investir, é a educação financeira. Com certeza os investimentos irão treinar a sua mente a pensar no seu dinheiro de uma maneira mais ampla.