Conheça as 13 cidades mais caras do mundo para morar

Arcar com os custos de vida em alguns locais do mundo pode não ser uma ação muito fácil a ser tomada em algumas regiões. Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo, que são as cidades mais caras para se viver no Brasil, nem chegam perto do topo quando falamos dos grandes centros de todo o globo.

ANÚNCIO

De acordo com levantamento recente, divulgado pela Mercer, as metrópoles brasileiras estão desvalorizadas no mercado, enquanto que os grandes centros asiáticos ocupam os primeiros lugares nas listas das cidades mais caras para se viver no mundo. Confira as 13 primeiras colocações no artigo a seguir.

Conheça as 13 cidades mais caras do mundo para morar
Foto: Moment / Getty Images

13º – Shenzhen – China

A cidade de Shenzen, na China, é a décima terceira no ranking de cidades mais caras para se viver no mundo. Faz parte da província chinesa de Guangdong e é um dos polos tecnológicos mais importantes do mundo atualmente. Ainda é sede de várias grandes empresas do país, como a Huawei e a Shenzhen Airlines.

Conheça as 13 cidades mais caras do mundo para morar
Foto: (reprodução/propertylistings.ft.com)

A cidade é vista no meio empresarial como o novo Vale do Silício, e a tendência é que outras grandes empresas do mundo acabem migrando para lá com o tempo. Uma pena que a Mercer não divulgue os números exatos de quanto custa para se viver na região, mas estima-se que seja muito caro.

ANÚNCIO

12º – Tel Aviv – Israel

Israel é um país relativamente jovem, tendo sua independência declarada apenas em 1948, mas a pouca idade não impediu a nação de prosperar e conseguir construir algumas das maiores cidades do mundo, atualmente, como a grande Cidade Branca de Tel Aviv.

Conheça as 13 cidades mais caras do mundo para morar
Foto: (reprodução/smartcitiesworld.net)

Tem grande valor como centro econômico e de desenvolvimento da região, sendo uma das maiores economias do Oriente Médio. Além disso, é um grande ponto turístico para visitantes, tendo bastante fama por conta de sua vida noturna agitada pelo público jovem e os prédios no estilo Bauhaus.

11º – Seul – Coreia do Sul

Uma das 10 cidades mais visitadas do mundo, Seul é um dos grandes centros econômicos do globo. A região está situada na Coreia do Sul, já foi sede de Jogos Olímpicos e Copa do Mundo, e teve um desenvolvimento assombroso nas últimas décadas, apesar de ser mais reconhecida internacionalmente como a terra do K-Pop.

ANÚNCIO
Conheça as 13 cidades mais caras do mundo para morar
Foto: (reprodução/surtoolimpico.com.br)

Durante anos foi a cidade mais buscada para visitação entre os moradores dos países vizinhos, como China e Tailândia. Outro ponto a ser destacado é que é um grande centro tecnológico global do mundo atualmente, sendo sede de grandes empresas com atuação mundial, como a Samsung.

10º – Pequim – China

Capital de uma das maiores nações do mundo, Pequim também é uma das cidades mais caras para se viver em todo o globo. O grande centro chinesa tem mais de 20 milhões de habitantes, e é o grande polo educacional, tecnológico e cultural da China.

Conheça as 13 cidades mais caras do mundo para morar
Foto: (reprodução/euandopelomundo.com)

Tem como paisagem os tradicionais palácios chineses, e também se destaca por ser um grande polo de ferrovias e movimentação dentro do próprio país. Porém, o que faz sua economia se tornar tão forte são de fato as estatais presentes no território, bastante comuns de serem encontradas pela região.

9º – Genebra – Suíça

Genebra é uma das cidades mais famosas do mundo, tendo em vista sua importância histórica com a humanidade. Foi lá que assinaram diversos tratados de paz que ajudaram a humanidade a prosperar, e por conta disso, a região ficou conhecida como “Cidade da Paz”.

Conheça as 13 cidades mais caras do mundo para morar
Foto: (reprodução/guiaviajarmelhor.com.br)

Pela segurança que o local passa acabou atraindo investidores, que a fizeram se tornar um dos grandes centros econômicos do mundo à frente de outras cidades importantes do globo, como Chicago e Tóquio, reconhecidas internacionalmente. Por conta disso, acabou se tornando um dos locais mais caros para se viver no mundo.

8º – Berna – Suíça

A comuna de Berna também é uma das cidades mais caras para se viver em todo o mundo. É a capital da Suíça, um dos melhores países para se viver em todo o globo, e por isso, seu custo de vida também não é nada modesto. A região foi reconhecida como Patrimônio Cultural Mundial pela UNESCO.

Conheça as 13 cidades mais caras do mundo para morar
Foto: (reprodução/calornosalpes.com)

Não conta com grandes centros turísticos, tendo se tornado tão cara para se viver mais por pertencer à Suíça do que por qualquer outro fator, já que o país é referência mundial em qualidade de vida. Como curiosidade da região, Einstein desenvolveu sua Teoria da Relatividade em Berna.

7º – Xangai – China

O maior polo econômico da China continental, Xangai (ou Shanghai), é uma das cidades mais importantes do mundo. Antes conhecida por ser um grande centro de pescas, hoje a região se tornou um dos centros mais significativos de toda a economia global, assumindo protagonismo ainda na década de 90.

Conheça as 13 cidades mais caras do mundo para morar
Foto: (reprodução/cvc.com.br)

Desde 2005 Xangai ostenta o posto de ter o maior porto de cargas do mundo, além de também conter diversos pontos turísticos reconhecidos mundialmente, como o Templo Cidade de Deus, o Bund e outros. Viver por lá não sai tão barato, mas a região conta com estrutura excelente, oferecida pelo governo.

6º – Nova Iorque – Estados Unidos

Uma das cidades mais conhecidas do mundo, Nova Iorque também é uma das mais caras para se viver. Mas isso já era de se imaginar, já que a região fica dentro do país mais rico do mundo, e tradicionalmente capitalista, o que faz o giro de capital da região ser alto.

Conheça as 13 cidades mais caras do mundo para morar
Foto: (IrinaSen/iStock)

É um dos centros econômicos mais importantes do mundo, e se beneficiou, ao longo da história, por ser um grande porto natural, o que fez com que a economia da região florescesse com certa facilidade em comparação às outras. Também é de se destacar que a cidade, hoje, é sede da ONU.

5º – Singapura – Singapura

Singapura é uma cidade-Estado que conseguiu grande protagonismo no cenário mundial em pouco tempo. Contando com um dos melhores IDHs do mundo, a região é extremamente importante para o mundo hoje, atuando em diversos ramos diferentes, além de ser uma das quatro nações a fazer parte dos Tigres Asiáticos.

Conheça as 13 cidades mais caras do mundo para morar
Foto: (reprodução/linktoleaders.com)

Por conta de todo esse poder financeiro, e por ter o nono maior IDH do mundo, já era de se imaginar que não seria barato viver em Singapura. A cidade conta com cerca de 5 milhões de habitantes, tendo uma pluralidade considerável de culturas asiáticas misturadas em seu território.

4º – Zurique – Suíça

De acordo com relatório recente, publicado pelas Nações Unidas, a Suíça tem o segundo maior IDH do mundo, e morar em um país onde prezam pela segurança, desenvolvimento econômico, e bem-estar da população, não sai nada barato, como já era de se esperar.

Conheça as 13 cidades mais caras do mundo para morar
Foto: (reprodução/viagemeturismo.abril.com.br)

Talvez seja por isso que essa já é a terceira cidade do país a aparecer na lista do artigo. Zurique é a maior cidade da Suíça, e ganhou destaque global por ser a sede de vários bancos e outras instituições financeiras com atuação global, que prezam pela segurança disponível no local para investir.

3º – Tóquio – Japão

Principal centro econômico, político e comercial do Japão, Tóquio se tornou uma das cidades mais faladas do mundo, sendo sinônimo de eficiência e boa organização para todos. Hoje, a região conta com cerca de 9,2 milhões de habitantes. Porém, não é bem uma cidade, funcionando mais como um estado japonês.

Conheça as 13 cidades mais caras do mundo para morar
Foto: (reprodução/escolakids.uol.com.br)

Grande referência de desenvolvimento em todas as áreas em que possa imaginar, Tóquio se tornou uma das cidades mais caras para se viver em todo o mundo, no entanto, todo esse dinheiro é muito bem gasto, tendo em vista que as condições para se viver na região são das melhores possíveis.

2º – Ashgabat- Turcomenistão

Muita gente se assusta quando fica sabendo que uma cidade do Turcomenistão é uma das mais caras para se viver no mundo, por não conhecer direito o país, mas saiba que a região é cheia de riquezas e é um dos grandes centros econômicos do mundo atualmente.

Conheça as 13 cidades mais caras do mundo para morar
Foto: (reprodução/ca.araratour.com)

A cidade registrou um crescimento bastante avançado nos últimos anos, tanto que, no mesmo rankeamento feito pela Mercer, em 2019, Ashgabat ocupava apenas o sétimo lugar da lista. O segundo lugar foi fruto do grande desenvolvimento recente, graças à indústria têxtil do país.

1º – Hong Kong – China

Hong Kong é a cidade mais cara para se viver no mundo. Tendo autonomia de país em diferentes âmbitos, a região é uma das mais prósperas para negócios em todo o globo, ganhando destaque mundial por conta do seu baixo imposto cobrado.

Conheça as 13 cidades mais caras do mundo para morar
Foto: (earnestTse/shutterstock.com)

Por ser uma região ótima para os negociantes, contar com uma paisagem urbana moderna, e um bom Índice de Desenvolvimento Humano, Hong Kong se tornou o lugar mais caro para se viver em todo o mundo, posto que não deve ser perdido tão cedo, tendo em vista a forte economia atual.

Cidades brasileiras despencam na lista, mas isso pode não ser ruim

Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo perderam colocações na lista, porém, isso não necessariamente quer dizer algo ruim, afinal, quem quer pagar mais para se viver? Entre elas, a que ocupa a posição mais alta é São Paulo, que ocupa a 130ª colocação.

Rio de Janeiro, que em 2019 alcançou a 121ª posição, hoje está apenas em 160ª. Já a capital do país, que antes estava em 174ª, atualmente ocupa a 190ª colocação.