Dicas de finanças para um casal recém-casado

ANÚNCIO

As dificuldades financeiras do casal, são os problemas que mais afetam os relacionamentos. Sim, quem escolhe dividir a vida com outra pessoa precisa estar atento às finanças, pois elas costumam ser um dos maiores motivos para brigas e rompimentos. Principalmente, para os jovens recém-casados, que ainda estão aprendendo a lidar com a responsabilidade do dia a dia e estão recendo pela primeira vez, a pressão de sustentar uma família.

Mas, antes mesmo do casamento, a maioria dos jovens já estão se endividando desde o noivado, pois estão fazendo toda a cerimônia, arcado com os custos de casa, enxoval, móveis, documentação, alimentação… ufa! Chega a ser desesperador só de imaginar!

ANÚNCIO

Muitos casais tem o sonho de realizar uma cerimônia de casamento, mas acabam fazendo muitas dívidas por muitos meses. Ter um planejamento é essencial neste momento, pois pode te ajudar a ter um equilíbrio financeiro. O panejamento familiar pode te auxiliar para definir seus objetivos e metas baseados nos sonhos do casal.

casal
Foto: (reprodução/internet)

Conversem sobre finanças

Conversar sobre finanças é algo muito importante no relacionamento, pois as vezes algum gasto de emergência, que não estavam nos seus planos, podem mudar suas contas. Pode ser que alguém está gastando mais do que deveria ou não estão se atentando quanto a guardar um dinheiro reserva.

Além de tudo isso, pode ser um ótimo jeito do casal ter um bom diálogo e compartilhar as responsabilidades da casa. As vezes pode ser desgastante só uma pessoas ficar responsável pela finança, mas também é algo a se conversar.

ANÚNCIO

Criem metas e objetivos

Todo casal faz inúmeros planos após o casamento, mas para que eles sejam realizados, é preciso avaliar o que terá de ser feito para alcançá-los.  Caso os dois possuam uma renda o melhor é que a divisão seja equilibrada, dividindo todas as despesas entre os dois.

Isso vai se tornar uma prática que pode garantir nenhum sobrepeso em alguma das partes com o futuro do casal. Estabelecer metas e objetivos é muito importante para que você consiga visualizar onde quer chegar, e para que todos os dias saibam o alvo a ser alcançado. Aliás, como diz um ditado, “quem não tem onde chegar, qualquer lugar serve.”

Planeje e faça orçamentos

A primeira coisa que o casal precisa fazer para ter um planejamento familiar é clocar no papel o registro de suas finanças. Portanto, registre todas as despesas do casal.

Coloque todos os valores, mesmo aqueles que podem ser pequenos, pois somados eles podem fazer uma diferente no todo. Co isso você irá traçar algumas metas de gastos, dividindo em categorias no seu orçamento.

Caso você observe alguns gastos desnecessários, como por exemplo constantes saídas e passeios, você pode se organizar para jantar fora somente uma vez na semana. Perceba os gastos que podem ser adaptados, como ir ao trabalho com um meio de transporte mais barato. Enfim, o importante neste momento é gerar algum tipo de economia.

Dívidas e pendências

Quando se é recém-casado, é normal ter que enfrentar algumas dívidas parceladas feitas para a própria cerimônia de casamento, outros custos como a viagem da lua de mel, financiamento de uma casa, entre outras coisas. 

Com isso a primeira etapa que o recém-casado precisa fazer é identificar quais são todas as pendencias financeiras que terão do casamento e somar aos gastos do casal quando estiverem em sua casa, vivendo juntos. Desta maneira será mais fácil visualizar as despesas supérfluas e cortá-las para quitar todas as dívidas com mais facilidade.

Não perca a diversão!

Agora vocês são um casal e precisam está cientes disto. Realizar sonhos, metas ou objetivos não deve ser algo maior que o conforto e tempo de qualidade do casal. Tenham tempo para descansar, para jantar fora ou até fazer algo diferente na própria casa. Mas não faça de suas finanças um peso na relação de forma a não aproveitar nada. O lazer é como uma escapada de um mundo tão corrido e estressante e com aquela pessoa que amamos, vem como um alívio.

Alguns objetivos como comprar um carro ou fazer alguma viagem, sendo ela grande ou pequena, vai precisar de um planejamento com antecedência e certamente será mais caro do que seus gastos. Por isso ter o controle das finanças irá ajudar a vocês não precisarem ter que abrir mão de algo tão importante.

Se você decidirem mesmo guardar um valor, mensalmente, terão que fazer uma decisão conjunta, principalmente se forem planos que irão exigir um valor maior e, provavelmente, o corte de alguns gastos.

Dica:

Use a tecnologia ao seu favor! Na organização do orçamento financeiro, você pode utilizar planilhas e aplicativos, há inúmeros aplicativos gratuitos e pagos que ajudem a controlar os gastos e separá-los por categorias.  Essa visualização dos gastos e ganhos por meio de diversas plataformas é fundamental para seguir o planejamento e ter noção através uma visão geral, da entrada e saída de caixa.

ANÚNCIO