Esses 11 milionários perderam tudo

Imagine só você ter um montão de dinheiro e, de repente, perder tudo. Isso seria muito mais do que triste. Seria algo constrangedor, não é verdade? E por mais incrível que pareça, essas histórias realmente aconteceram e algumas são bem recentes. 

ANÚNCIO

De qualquer modo, como os valores são bastante estimados, o que nos importa não é falar sobre o quanto eles perderam e sim como conseguiram perder milhões de dólares em seus negócios. Porque sempre há um bom motivo. Assim, o texto está em ordem cronológica. 

Esses 11 milionários perderam tudo
Foto: (reprodução/internet)

11 – Jorginho Guinle (Brasil)

Ele é um brasileiro que foi conhecido por ser um socialite, herdeiro, milionário, playboy e que fez parte da elite carioca nos anos de 1920. Isso tudo porque a primeira concessão para administrar o porto de Santos foi da família dele. 

Esses 11 milionários perderam tudo
Foto: (reprodução/internet)

Com grana, ele construiu o hotel Copacabana Palace e o palácio do governo do Rio de Janeiro. Até aqui, parece que tudo ia bem, não é mesmo? No entanto, Guinle não foi feliz ao gastar tudo o que tinha, sendo que chegou aos 85 anos à beira da pobreza.

ANÚNCIO

Nessa época, ele arrumou um emprego de guia turístico. No entanto, ainda tinha o orgulho de dizer que gastou mais de US$ 2 bilhões durante a sua vida. Ele morreu em 2004, aos 88 anos. 

10 – Marvin Gaye (Estados Unidos)

Gaye nasceu em Washington. Ele ficou famoso durante as décadas de 1960 e 1970. Se você não sabe quem ele é, vamos considerar que é um cantor/compositor muito famoso do gênero soul e R&B. Além disso, também chegou a produzir álbuns. 

Esses 11 milionários perderam tudo
Foto: (reprodução/internet)

O problema é que ele decretou falência em 1976, depois de uma série de problemas que enfrentou na vida pessoal e também na carreira. Por exemplo, teve que pagar US$ 600 mil para a ex-mulher. O resultado foi que ele fugiu para o Havaí e passou a viver em um furgão.

ANÚNCIO

Nos anos de 1980, ele recebeu novas chances para voltar a gravar músicas, inclusive, de estúdios grandes. Porém, não conseguiu mais ter sucesso na carreira. Assim, acabou indo para a Bélgica, antes de retornar aos Estados Unidos, para a casa dos pais. Ele morreu em 1984.

9 – Bill Bartmann (Estados Unidos)

Bill foi um nome muito comum durante o final dos anos de 1990. Ele era o dono da maior empresa de cobranças de dívidas dos Estados Unidos, a Commercial Financial Services. E também era ele que administrava ela.

Esses 11 milionários perderam tudo
Foto: (reprodução/internet)

Mas, após o sócio confessar que inflacionava as taxas de recolhimento na agência, Bartmann perdeu toda a fortuna que fez. Além disso, perdeu a empresa e a reputação também. Antes disso, o norte-americano ficou na lista de mais ricos do mundo. 

No entanto, ele pode ser considerado uma história de superação também. Já que após perder tudo o que tinha, ele deu a volta por cima, a partir do empreendedorismo, sendo que tem uma empresa onde trata de histórias motivacionais e dá palestras contando sobre a sua história. 

8 – Patrícia Kluge (Estados Unidos)

Ela é uma empresária que foi casada com John Kluge, que foi o home mais rico do mundo durante a década de 1990. Após o divórcio deles, Patrícia pegou US$ 1 milhão, conforme o acordo. No entanto, ela não soube usar a grana. 

Esses 11 milionários perderam tudo
Foto: (reprodução/internet)

A partir disso, fez vários empréstimos e investiu em vinícolas e casas de luxo que não deram certo. O motivo foi a crise de 2008, que afetou a economia mundial, especialmente no setor mobiliário, que ela tinha negócios. Ela perdeu a maioria dos seus bens e patrimônios. 

A vinícola, inclusive, foi comprada por ninguém menos do Donald Trump, em 2011. Nesse mesmo ano, vale dizer, até mesmo o marido dela, o John, decretou falência. 

7 – Bernard Bernie Madoff (Estados Unidos)

Essa é uma das histórias mais conhecidas de pessoas que perderam tudo, mas vale a pena mencionar aqui e agora. Bernie abriu uma empresa na Wall Street durante a década de 1960. Ele atraia investimentos para empresas e fundos fantasmas. 

Esses 11 milionários perderam tudo
Foto: (reprodução/internet)

Logo, mesmo que chegou a acumular US$ 1 bilhão, ele perdeu tudo, já que o golpe foi descoberto em 2008, durante o colapso econômico dos Estados Unidos. Isso porque nesse ano muita gente quis resgatar os investimentos, mas sem sucesso. 

A fraude de Madoff ficou tão conhecida que virou enredo para filmes, séries e livros, sendo considerada a maior pirâmide financeira do mundo na atualidade. Ele pegou 150 anos de prisão.

6 – Bjorgolfur Gudmundsson (Islândia)

Esse foi o segundo homem mais rico da Islândia em 2008. O patrimônio acumulado dele, naquele ano, foi de US$ 1,1 bilhão. Mas, é importante saber que antes disso na década de 1990, ele passou um tempo na Rússia. E lá ele abriu a cervejaria. 

Esses 11 milionários perderam tudo
Foto: (reprodução/internet)

Aqui é que entra a fortuna dele: ele vendeu a cervejaria para a Heineken e, por isso, ficou bem rico. No entanto, com o dinheiro em mãos, ele não aproveitou. Ao retornar para a Islândia, ele até conseguiu uma boa participação no Landsbanki, que é o segundo maior banco do país. 

Mais tarde, ele ainda comprou o clube de futebol inglês, o West Ham. Porém, foi uma das vítimas do que ficou chamada de “crise financeira global”. Assim, ele perdeu praticamente tudo o que tinha e decretou a sua falência em 2009.

5 – Sean Quinn (Irlandês)

Também temos um irlandês na lista e o nome dele é Sean Quinn. Ele foi considerado o homem mais rico da Irlanda em 2007 com uma fortuna de US$ 6 bilhões. O motivo é que ele construiu, sozinho e do zero, um dos maiores conglomerados do país. 

Esses 11 milionários perderam tudo
Foto: (reprodução/internet)

No entanto, ele perdeu tudo de um jeito bastante estranho: ao investir tudo o que tinha em um banco que foi atingido pela crise econômica irlandesa, o Anglo. Assim, em 2011, ele decretou falência e hoje acumula uma dívida de US$ 2 bilhões. 

Além do mais, para piorar a situação, ele foi condenado a 9 meses de prisão por tentar esconder ativos da família. 

4 – Allen Stanford (Estados Unidos)

Do Texas, Allen foi um bilionário que somou mais de US$ 2 bilhões. Isso porque ele está por trás, sendo o fundador, do Stanford Financial Group, um banco que administrou cerca de US$ 30 bilhões de clientes do mundo todo.

Esses 11 milionários perderam tudo
Foto: (reprodução/internet)

O problema é que em 2009 o banco foi acusado de fraude e, em 2012, o empresário Allen foi condenado a 110 anos de prisão por ter desviado nada menos do que US$ 7 bilhões dos seus antigos clientes ao longo das duas décadas passadas. 

3 – Eike Batista (Brasil)

Ele já foi chamado de o homem mais rico do Brasil. Sendo também o 7º mais rico do mundo em 2012. Assim, tinha uma fortuna estimada em US$ 30 bilhões. Porém, o império dele foi por água abaixo durante a crise econômica de 2013.

Esses 11 milionários perderam tudo
Foto: (reprodução/internet)

Atualmente, ele não chegou a pobreza, mas vive na classe média. Isso porque perdeu carros, casas, o controle de várias empresas e até mesmo outras propriedades. Além disso, transferiu 10% das ações da sua mineradora (MMX) para Mubadala, de Abu Dhabi.

E vendeu 65% do Porto Sudeste a outros grupos. O controle da LXX, que é de logística, também não está mais com ele. E nem mesmo a empresa de energia elétrica, a MPX. 

2 – Elizabeth Holmes (Estados Unidos)

Um dos casos mais recentes é de Elizabeth Holmes, que é uma norte-americana que foi comparada a Steve Jobs e Bill Gates por atuar no Vale do Silício. O problema é que ela entrou em uma das maiores farsas de todo setor de tecnologia. 

Esses 11 milionários perderam tudo
Foto: (reprodução/internet)

Isso porque a empresa que ela criou, a Theranos, prometia revolucionar o diagnóstico de doenças usando uma tecnologia avançada. Assim, a empresa chegou a ser avaliada em US$ 9 bilhões. No entanto, em 2016, foram descobertas que as promessas eram falsas. 

Atualmente, ela responde o processo por enganar os investidores.

1 – Jocelyn Wildenstein (Estados Unidos)

Ela apareceu na mídia ao se divorciar do vendedor de artes Alec Wildenstein no ano de 1999. Só que nos últimos anos, exatamente em 2018, apareceu de novo, para falar da sua falência. Isso porque em 1999, com o divórcio, ela pegou US$ 2,5 bilhões.

Esses 11 milionários perderam tudo
Foto: (reprodução/internet)

E a justificativa para perder todo o dinheiro foi o fato de depender do apoio previdenciário do governo federal. Curiosamente, a fortuna dela evaporou quando ela descobriu que uma das pinturas mais valiosas da sua coleção era falsa. 

Essa pintura era de Diego Velázquez. Já a outra que ela tinha, de Paul Cézanne, foi vendida ela metade do preço. 

Curiosidade – Huang Wenji

Aqui a gente vai citar a história desse chinês separada porque ele perdeu tudo, mas nem tanto assim e a gente explica melhor isso. Huang é o presidente da China Jicheng Holdings, uma empresa de guarda-chuvas sediada em Hong Kong. Ele e a esposa têm participação de 75% dela. 

O problema é que em uma recente crise do mercado acionário, as ações da empresa dele caíram 91% em apenas 2 dias. Sendo assim, ele chegou a perder US4 1,9 bilhão com a queda e a sua riqueza pessoal diminuiu muito. Porém, não se sabe quanto ele ainda possui de patrimônio junto com a esposa.