Descubra quem são os 10 treinadores de futebol mais bem pagos do mundo

Em épocas de negociações de jogadores, na entre temporada, é bem comum ouvir falar sobre transações milionárias no futebol mundial. Porém, a troca de técnicos, que é comum, acontece em praticamente todos as épocas do ano, seja no começo, no meio ou no fim da competição. 

ANÚNCIO

No entanto, é bem raro que se fale sobre salários, valores ou multas, por exemplo. A partir disso, muita gente tem a curiosidade sobre quanto ganha um técnico de futebol. Aliás, mais do que isso: quais são os treinadores mais bem pagos do mundo na nossa atualidade?

Descubra quem são os 10 treinadores de futebol mais bem pagos do mundo
Foto: (reprodução/internet)

10 – Thomas Tuchel (Chelsea)

O Paris Saint-Germain optou por pagar 9 milhões de euros para o Thomas. No entanto, isso não foi suficiente para segurar ele. Após alguns resultados bem ruins, ele foi para o Chelsea, no começo de 2021. O salário atual ainda não foi mencionado publicamente. 

Descubra quem são os 10 treinadores de futebol mais bem pagos do mundo
Foto: (reprodução/internet)

O treinador foi um zagueiro muito importante da Alemanha e começou a carreira de técnico em 2007, ao dirigir o Augsburg B. Logo foi para o Mainz 05 e seguiu para o Borussia Dortmund, todos da Alemanha. Até que em 2018 chegou ao PSG, da França. 

ANÚNCIO

Como treinador, conseguiu uma Copa da Alemanha, além de nacionais da França, pelo PSG. No começo da história do Chelsea, os resultados não são tão bons, mas ele ainda não perdeu, mantendo um aproveitamento de 66%. No PSG, na conta toda, foi de 74%. 

9 – Carlo Ancelotti (Everton)

Ele recebe por ano algo próximo a 12 milhões de euros para dirigir o Everton, sendo que esse trabalho começou em 2019. Antes disso, o treinador italiano de 61 anos passou por clubes menores até chegar na Juventus, no Milan, no Chelsea, no PSG, no Real Madrid e Bayern. 

Descubra quem são os 10 treinadores de futebol mais bem pagos do mundo
Foto: (reprodução/internet)

Como jogador, ele tem vários títulos, mas não se compara aos títulos de técnico. Pelo Milan, por exemplo, tem a Liga dos Campeões por 2 vezes, além do Mundial de 2007. Pelo Chelsea tem a Premier e pelo Real Madrid tem o Mundial e a Liga dos Campeões também. 

ANÚNCIO

8 – Rafa Benítez (Dalian Yifang)

A transação dele com o clube chinês foi feita em 2017, sendo que falaram sobre um salário de 13 milhões de euros por temporada. O nome completo dele é Rafael Benítez Maudes, sendo que é um espanhol, de Madrid e que também foi jogador de futebol, sendo um líbero. 

Descubra quem são os 10 treinadores de futebol mais bem pagos do mundo
Foto: (reprodução/internet)

Como treinador, porém, a sua história é muito mais extensa e heroica. Dirigiu o Real Madrid Castilla e mais um monte de clubes espanhóis de menor expressão. Depois, em 2004 chegou no Liverpool, da Inglaterra e fez sucesso por lá. Ainda passou por Internazionale, Chelsea.

Além do Real Madrid e Newcastle. Foi para o Dailian em 2019 e se mantém lá até hoje. A proposta que ele recebeu foi irrecusável, já que considera um salário 2 vezes maior do que o que ele recebia no clube inglês. 

7 – Fabio Cannavaro (Guangzhou Evergrande)

Aqui há uma curiosidade que precisa ser dita. O salário do Cannavaro é alto sim, sendo de 14 milhões de euros por ano. No entanto, ele foi para o clube chinês como uma espécie de aposta. Isso porque a história dele como treinador é bem curta. 

Descubra quem são os 10 treinadores de futebol mais bem pagos do mundo
Foto: (reprodução/internet)

Como jogador, ele ficou famoso e venceu títulos importantes até mesmo pela seleção italiana. Mas, quando começou a treinar já foi contratado com um salário bem alto. Em 2014 foi para o Guangzhou e depois ainda pelo futebol da Arábia Saudita antes de retornar ao Guangzhou.

Atualmente, ele é treinador da Seleção Chinesa. No breve currículo de treinador, ele conseguiu somar um título pela Primeira Liga Chinesa, um Campeonato Chinês e uma Supercopa da China. Já como jogador, ele foi eleito o melhor jogador do mundo da FIFA em 2006. 

6 – Zinédine Zidane (Real Madrid)

O francês que se tornou técnico de muita fama recebe hoje 23 milhões de euros por cada ano para treinar um dos maiores clubes de futebol da Espanha e do mundo, o Real Madrid. Inclusive, foi lá que ele fez a sua melhor história enquanto jogador de futebol, também. 

Descubra quem são os 10 treinadores de futebol mais bem pagos do mundo
Foto: (reprodução/internet)

Uma primeira curiosidade é que ele é argelino, mas naturalizado francês. Depois, considere que seu começo no futebol, como treinador, é recente. Em 2013 ele foi auxiliar do Real Madrid. No ano seguinte, foi dirigir o Real Castilla. E em 2016, retornou ao Real Madrid.

Assim, se mantém como técnico até hoje. Só que há um detalhe, ele ficou entre 2016 e 2018. E saiu após ganhar 3 UEFA Champions League por 3 vezes consecutivas. Porém, 9 meses após a saída, ele retornou, com um salário muito melhor – diga-se de passagem. 

5 – José Mourinho (Tottenham)

Outro treinador de futebol que tem um ótimo salário, aliás o segundo melhor salário do mundo, é José Mourinho. Acredita-se que ele receba 23 milhões de euros por ano. O português de 58 anos dirige o clube inglês desde 2019.

Descubra quem são os 10 treinadores de futebol mais bem pagos do mundo
Foto: (reprodução/internet)

Antes disso, começou a carreira de técnico no Benfica, em 2000. Depois, ainda passou pelo União de Leiria, Porto, Chelsea, Internazionale, Real Madrid, Chelsea (de novo) e Manchester United. Como jogador, era um meio-campista de pouco sucesso em clubes menores.

Uma curiosidade é que ele foi nomeado como treinador português do século pela Federação Portuguesa de Futebol em 2015. E também tem o título de ser o primeiro treinador a gastar mais de 1 bilhão de libras em transferências.

4 – Jurgen Klopp (Liverpool)

Esse treinador é um espetáculo à parte. A última notícia foi a de que ele recebia um salário anual de 24 milhões de euros. E aqui tem várias curiosidades. A primeira é que ele é um técnico que só passou por 3 clubes na carreira de treinador, mesmo que tenha começado em 2001.

Descubra quem são os 10 treinadores de futebol mais bem pagos do mundo
Foto: (reprodução/internet)

Entre 2001 e 2008, ele ficou no Mainz 05, do seu país, a Alemanha. Em 2008 foi para o Borussia, do mesmo país e ficou lá até 2015. E em 2015 chegou no Liverpool, onde se mantém até hoje. Como jogador, ele só defendeu o Mainz 05 e o Tus Ergenzingen.

Já como treinador, ele tem nacionais da Alemanha e da Inglaterra, além da Liga dos Campeões da UEFA e o mundial da FIFA, além da Premier League, ambos pelo Liverpool. Foi considerado o melhor treinador do ano pela FIFA em 2019 e 2020. 

3 – Pep Guardiola (Manchester City)

O salário do Pep Guardiola é considerado o maior entre os técnicos do mundo todo. Assim, os noticiários informam que ele recebe cerca de 27 milhões de euros por ano. E isso porque o Manchester City já deixou muito claro que pretende renovar o contrato com ele. 

Descubra quem são os 10 treinadores de futebol mais bem pagos do mundo
Foto: (reprodução/internet)

Guardiola tem hoje 50 anos e é mesmo um ícone fora dos gramados – sendo que já foi um jogador impecável dentro de campo também. Ele é espanhol, da Catalunha e jogava como volante. Como técnico, começou no Barcelona B e em pouco tempo foi para o Barcelona A.

Mais tarde ainda treinou a equipe do Bayern de Munique por 3 temporadas antes de ir para o Manchester City, clube que se mantém desde 2016. Como treinador, teve um ótimo desempenho, sendo que em todos manteve a média acima de 70% de aproveitamento. 

2 – Antonio Conte (Inter de Milão)

É verdade que o Inter de Milão está meio sumido do futebol internacional. E, por isso mesmo, a aposta foi em um treinador com história. O italiano, que também foi jogador e atuava como volante, mas sem muita fama. Ainda assim, ele começou faz pouco tempo, em 2006.

Descubra quem são os 10 treinadores de futebol mais bem pagos do mundo
Foto: (reprodução/internet)

Dirigiu clubes menores no começo, como Arezzo, Bari, Atalanta, Siena até chegar na Juventus. Depois, ainda dirigiu a seleção italiana por 2 anos antes de ir para o Chelsea. E em 2019 foi contratado pelo Internazionale com salário anual de 30 milhões de euros. 

Como técnico, ainda não teve nenhum bom resultado no clube atual. Mas, tem campeonatos italianos e ingleses no currículo, sendo pelo Juventus e pelo Chelsea. É um salário bem alto para um treinador que ainda não acumula títulos internacionais. 

1 – Diego Simeone (Atlético de Madrid)

Essa talvez seja a grande surpresa desse texto, viu. Isso porque estamos falando de um treinador argentino, de Buenos Aires e que dirige um clube espanhol, que é grande, mas não está entre os mais ricos do mundo, não. 

Descubra quem são os 10 treinadores de futebol mais bem pagos do mundo
Foto: (reprodução/internet)

Se você achou que as primeiras posições seriam formadas por clubes ingleses, saiba que aqui a conversa muda de tom. E Simeone tem a sua história para contar. O ex-meio campista que rodou o mundo começou a carreira de treinador em 2006 pelo Racing.  E dirigiu outros.

Como Estudiantes, River Plate, San Lorenzo, Catania, Racing até chegar no Atlético de Madrid. Curiosamente, em 2011 ele passou por 3 clubes, mas desse então está no Atlético de Madrid, na sua 10ª temporada. Estima-se que ele tenha um salário de 40,5 milhões de euros por ano.

Curiosidade – Ernesto Valverde (Sem Clube)

Valverde é um espanhol de 57 anos que está sem clube no momento. No entanto, ele atuou pelo Barcelona entre 2017 e 2020, com um salário anual bem alto entre treinadores, sendo de 9 milhões de euros. Ele começou a carreira em 2002, pelo Athletic Bilbao B.

Antes de ir para o Barcelona, ele treinou Olympiakos, Villareal, Valencia. Assim, acumula títulos na competição grega, na Espanha, sendo todos nacionais. Ainda não tem títulos como treinador em âmbito internacional.