T-Mobile tem plano de dar internet gratuita a 10 milhões de alunos em casa

ANÚNCIO

No ano passado, a T-Mobile anunciou um plano para fornecer internet banda larga gratuita a 10 milhões de famílias de baixa renda para fechar o que o então CEO John Legere chamou de “lacuna do dever de casa”, apresentando-a como uma das razões pelas quais a empresa deveria ter permissão para se fundir com Sprint.

A empresa agora revelou que alocou US $ 10,7 bilhões para o programa “Projeto 10 milhões” ao longo da próxima década, com o objetivo de disponibilizá-lo para alunos do ensino fundamental e médio que participam do programa nacional de merenda escolar para famílias de baixa renda.

ANÚNCIO
T-Mobile tem plano de dar internet gratuita a 10 milhões de alunos em casa
Foto: (Ilustração de Alex Castro / The Verge)

“Mesmo antes da pandemia, mais de 9 milhões dos 56 milhões de crianças em idade escolar da América não tinham acesso a uma internet confiável e não podiam completar tarefas após as aulas”, disse a empresa em um comunicado à imprensa, sugerindo que a lacuna existente deixa muitos crianças em risco de ficar para trás na escola.

Com tantos alunos aprendendo remotamente devido à pandemia do coronavírus, a necessidade de internet doméstica pode ser ainda mais importante do que no ano passado.

Veja também: O lendário Nokia 3310 completou 20 anos esta semana

Como funciona?

Os administradores escolares podem se inscrever no programa, fornecendo códigos postais para seus alunos no programa de merenda escolar, e os pais também podem oferecer suas escolas.

ANÚNCIO

As escolas então distribuem os hotspots e dispositivos, com a T-Mobile fornecendo assistência para configuração e suporte técnico.

As famílias podem obter um ponto de acesso gratuito e 100 GB de dados em um único ano, ou podem pagar US $ 12 mensais por 100 GB de dados a cada mês.

Entretanto…

Esses limites de dados podem não atender a todas as necessidades dos alunos que usam Zoom, YouTube e muitas outras plataformas de streaming de vídeo para suas aulas online e entretenimento, e a T-Mobile ainda está limitando esses streams de vídeo a 480p de baixa resolução.

Haverá um número limitado de pontos de acesso disponíveis também, com a T-Mobile alocando mais a cada ano.

Além disso, as letras miúdas dizem que o plano gratuito terminará após 100 GB ou 365 dias, o que ocorrer primeiro, sugerindo que a internet dos alunos pode ser desligada abruptamente. (Isso é diferente de um plano de celular “ilimitado” típico, em que você tem um baixo nível de acesso à Internet mesmo depois de atingir o limite de dados.)

Olhando pelo lado positivo…

Ainda assim, isso é definitivamente melhor do que ter crianças sentadas do lado de fora de restaurantes de fast food para acessar pontos de acesso Wi-Fi apenas para fazerem o dever de casa.

Traduzido e adaptado por equipe O Mapa da Mina.

Fonte: The Verge

ANÚNCIO