Os 5 hábitos que te impedem de alcançar a riqueza

ANÚNCIO

Muita gente não sabe nada sobre alcançar a riqueza, é que sim, é uma tarefa difícil e são poucos o que conseguem, mas não é impossível. Para quem não herdou uma grande quantia, trabalhar duro é importante mas é apenas metade do caminho.

Ficar rico é um objetivo não tão claro para muitas pessoas, mas quem quer ao menos conquistar um conforto maior, além de trabalho e organização financeira, é preciso mudar diversos hábitos que impedem essa jornada de fato acontecer.

ANÚNCIO

A vida adulta exige milhares de responsabilidades financeiras que atropelam qualquer planeamento. Contudo, dicas simples, práticas e ás vezes óbvias devem ser consideradas e é sobre isso que vamos falar aqui. 

Fonte: (Reprodução/Internet)

Confira os sete hábitos que podem auxiliar a a alcançar a riqueza e comece a colocar em prática hoje mesmo. 

Reservas de emergência

As pessoas acreditam demais que estão seguras e que imprevistos não existem. Esquecem de ter um dinheiro guardado para lidar com imprevistos e acabam se atolando em dívidas por causa disso. É muito comum verificar pessoas que não tem um dinheiro guardado pra emergências ou até mesmo para fazer algum investimento que renda lucros.

ANÚNCIO

Essa questão no nosso país, pode ser considerada como algo cultural. O Serasa Experian em uma pesquisa recente, constatou que 7 em cada 10 brasileiros não ligam para poupança ou investimentos. Quem sabe esse não seja um ponta pé inicial para mudar a sua realidade em relação as finanças?

Andar com pessoas com propósitos diferentes

Isso é bastante comum entre os jovens. Geralmente, aquele membro do grupo de amigos que deseja gastar menos e economizar é levado a gastar mais quando é convidado para festas, bares ou lugares em que os gastos não são levados em conta. Nessa caso, é bem difícil dizer não.

Agora imagine uma pessoa que decidiu frequentar eventos sobre finanças e conheceu um grupo que tem os mesmos propósitos, na hora da duvida entre gastar e economizar, essa pessoa terá um apoio maior no caminho correto. Isso é apenas um exemplo de como funciona essa dinâmica no dia a dia. 

Medo

Muitas vezes para dar um passo em relação as finanças, é necessário investir em algo promissor, ou até mesmo largar o emprego atual. Muitas pessoas com medo do desconhecido não se permitem dar passos mais largos em direção a esse objetivo. O medo em certa medida é bom porque evita as atitudes por impulso, já na versão “exagerada”,  pode paralisar. É necessário ficar atento. 

Não se dedicar a educação de forma correta

Atualmente, existem muitas instituições que oferecem cursos de educação financeira. Em alguns casos, é possível encontrar essa opção até de maneira gratuita. O fato é que existem algumas técnicas que podem ajudar a facilitar o processo e estar por dentro das tendências e novidades do setor pode ser uma boa pedida. 

Uma sugestão de canal do Youtube que fala bastante sobre essa temática é o Me Poupe. Lá é possível encontrar dicas das mais variadas para alcançar o sucesso financeiro

Guardar só o que sobra no final do mês

Muitas pessoas acreditam que só é preciso economizar o que sobra no final do mês. O fato é que muitas vezes o descontrole é grande e não é possível verificar uma sobra de dinheiro. Uma boa dica seria a ideia de estabelecer uma meta de poupança mensal e fingir que aquele valor é um boleto pago. Dessa maneira, se tornará um hábito fazer uma reserva mensal

ANÚNCIO