Por que agora é o momento melhor momento para parar de fumar

ANÚNCIO

Milhões de pessoas em todo o mundo estão se isolando e se distanciando socialmente em uma tentativa de evitar o COVID-19, com grupos de alto risco, como idosos e imunocomprometidos, tomando medidas extras para se manterem seguros.

Mas há um grupo que pode dar um passo além no que diz respeito a se proteger dos efeitos devastadores da doença: os fumantes.

ANÚNCIO
Por que agora é o momento melhor momento para parar de fumar
Foto: (reprodução/internet)

Especialistas no Reino Unido instigaram as pessoas ao redor do mundo a reconsiderar seus hábitos de fumar, em face da pandemia global de coronavírus, apontando pesquisas que os cigarros podem tornar o vírus “pior”.

“Está bastante claro, a partir da pesquisa com coronavírus anteriores, que fumar torna o impacto de um coronavírus pior”, disse Matt Hancock, secretário de estado da saúde e assistência social do Reino Unido, à Câmara dos Comuns do Reino Unido no início deste mês.

Por que agora é o momento melhor momento para parar de fumar
Foto: (reprodução/internet)

Veja também: Encontros de mais de seis pessoas serão ilegais na Inglaterra a partir de segunda-feira

Por que isso acontece?

Embora os fumantes não sejam considerados parte da mesma população de risco composta de idosos e imunocomprometidos, os efeitos do tabagismo podem causar complicações em pacientes com COVID-19.

ANÚNCIO

Eles não têm mais nem menos probabilidade de contrair o vírus, mas se o fizerem, os sintomas podem ser muito piores e fatais para os fumantes.

O tabagismo a longo prazo pode reduzir muito a função pulmonar, tornando as infecções respiratórias como o COVID-19 ainda mais devastadoras.

Fumar também pode suprimir o sistema imunológico das pessoas, tornando muito mais difícil para elas lutarem contra o vírus.

Por que agora é o momento melhor momento para parar de fumar
Foto: (reprodução/internet)

“Se você vai parar de fumar, este é um bom momento para fazê-lo”, disse o professor Chris Whitty no Comitê de Saúde do Reino Unido.

Mas seu conselho não se aplica apenas aos fumantes no Reino Unido, onde os números do coronavírus aumentaram nos últimos dias.

Austrália também está em alerta

Estima-se que 13,8% dos australianos fumam diariamente, colocando milhões de australianos em risco de complicações maiores caso contratem COVID-19.

E embora a prevalência do tabagismo tenha diminuído nos últimos 20 anos, as organizações de saúde ainda estão trabalhando duro para ajudar os australianos a largar o vício, mesmo quando não há uma crise global de saúde.

“O uso do tabaco é a maior causa de câncer em todo o mundo e a causa predominante do câncer de pulmão”, destaca o Cancer Australia.

E como o coronavírus é uma nova ameaça na Austrália, nunca houve melhor hora para parar.

Traduzido e adaptado por equipe O Mapa da Mina.

Fonte: Coach Nine

ANÚNCIO