Conheça os possíveis riscos ao investir na Bolsa de Valores

ANÚNCIO

No mundo dos investimentos há diversos tipos de investidores, que depende diretamente do quanto cada investidor está disposto a correr riscos: pouco, médio ou muito. Para cada pessoa há um investimento correspondente. 

Os mais ousados, em outras palavras: os que possuem mais coragem de correr riscos, são os que aplicam na bolsa. Isso porque a bolsa varia constantemente ao longo de um dia. Ao mesmo tempo, esses são, possivelmente, os investidores que obtêm mais lucro em menos tempo.

ANÚNCIO

Mas para entender se você quer correr esses riscos, precisa primeiro entender o significado de risco, que é a probabilidade de não planejado impactar o lucro do seu investimento. Por isso, ele está diretamente ligado à previsibilidade de retorno da aplicação, que normalmente corresponde proporcionalmente.

Fonte: reprodução/internet

Veja mais informações sobre o mundo dos investimentos, bem como quais os riscos ao investir na bolsa de valores. Veja também um vídeo ao final do artigo para entender melhor a bolsa de valores e como ela funciona.  

Vantagens de investir na Bolsa de Valores

Uma das vantagens de investir diretamente na Bolsa, é que você será sócio de grandes empresas. Em outras palavras, não será necessário aguardar um prazo para que a empresa pague, bem como o rendimento crescerá, caso o lucro da empresa cresça.

ANÚNCIO

Outra vantagem é o seu potencial de rentabilidade, em comparação às outras formas de investimento mais conservadoras. Isso porque você pode lucrar com a valorização dos ativos, por exemplo. Além disso, esse valor não é previamente determinado como no caso da renda fixa e tesouro prefixado, por exemplo. 

Além disso, há a possibilidade de se obter resultados muito mais rápidos em comparação com as outras formas de investimento. Por exemplo, no caso da renda fixa seriam necessários mais de anos para se obter um rendimento razoável. Já na Bolsa, ao praticar o Day Trade, por exemplo, é possível ver resultados em menos de 24 horas.

Riscos de investir na Bolsa de Valores

Vale salientar que os riscos não são iguais para todos os investimentos, e justamente por isso existem diversos tipos de riscos. Confira abaixo quais são os principais riscos que podem interferir na hora de investir na Bolsa:

  • Risco de liquidez;
  • Risco de mercado;
  • Risco da empresa;
  • Risco da corretora.

O risco da empresa ocorre quando a empresa não tem uma boa gerência e os investimentos deixam de gerar os lucros esperados. Já o risco da corretora corresponde à possibilidade de a corretora falir, que  apesar das suas ações não serem perdidas, o seu saldo livre na corretora poderá ser confiscado. 

Confira no vídeo ao final do artigo como ocorrem os riscos de liquidez e de mercado, que são os considerados mais importantes.  

Como começar a investir na Bolsa

O primeiro passo para começar a investir na Bolsa é, antes de tudo, estudar. Ler livros sobre investimento, conhecer sites, assistir vídeos e entender qual o fundo te interessa é o primeiro passo. Pois após esse estudo e definição, será possível traçar os próximos passos. 

Além disso, é preciso ter coragem e não deixar se levar pela emoção. Pois os homens mais ricos do mundo dizem que os dois sentimentos que podem atrapalhar alguém na hora de lidar com o dinheiro são a ambição e o medo

Isso porque a ambição faz o investidor comprar quando a Bolsa está na alta, e o medo de perder mais ainda faz vender quando está na baixa. Ou seja, o processo exatamente contrário do que realmente deve ser feito, pois todos sabem que a regra é: vender na alta e comprar na baixa. Confira outros passos para começar a investir na Bolsa no vídeo abaixo. 

Bolsa de valores para leigos (e espertos)

 

Com este vídeo, é possível aprender o que é uma ação, bem como revisar quais os riscos de investir na bolsa de valores. Além disso, o vídeo também disponibiliza 5 passos para investir em ações, quer seja, o investidor e a investidora, leigos ou espertos.

ANÚNCIO