Baleias assassinas surpreendem pesquisadores com comportamento incomum após atacar barcos

ANÚNCIO

Os pesquisadores descobriram um comportamento incomum de baleias assassinas, também conhecidas como “orcas”.

Eles descobriram que os animais marinhos atacam misteriosamente veleiros perto de Portugal e Espanha.

ANÚNCIO
Baleias assassinas surpreendem pesquisadores com comportamento incomum após atacar barcos
Foto: (Noaa/ Unsplash)

Os marinheiros enviaram chamadas ameaçadoras após encontrarem os ataques das orcas do sul ao norte da Espanha nos últimos dois meses.

Eles relataram que dois de seus barcos perderam parte de seus lemes e um tripulante ficou ferido com os impactos.

Vários veleiros também sofreram graves danos causados ​​pelas baleias assassinas. Um novo ataque aconteceu na sexta-feira, 11 de setembro, próximo a A Coruña, na costa norte da Espanha.

ANÚNCIO

Pete Green, o diretor administrativo da Halcyon Yachts, disse que um de seus barcos, entregando um navio de 36 pés ao Reino Unido, foi abalroado por uma orca, danificando a popa do navio pelo menos 15 vezes.

Ele disse que o barco foi rebocado para o porto depois de perder a direção, para avaliar seus danos.

Durante o ataque a Halcyon Yachts, também houve avisos de rádio de avistamentos de orcas em Vigo, 70 milhas ao sul. Os sinais recebidos foram próximos ao local das duas últimas colisões.

Outro incidente ocorreu em 30 de agosto, depois que um barco de bandeira francesa contatou a guarda costeira, dizendo que baleias assassinas atacaram seu navio.

Depois daquele dia, Mirfak, um iate naval espanhol, também foi abalroado por orcas, perdendo parte de seu leme sob a popa do barco.

Por que as orcas mostram tal comportamento?

As orcas são mamíferos sociais altamente inteligentes, visto que são o maior tipo da família dos golfinhos.

Os cientistas explicaram que as baleias assassinas geralmente chegam perto do barco por causa de sua curiosidade.

Baleias assassinas surpreendem pesquisadores com comportamento incomum após atacar barcos
Foto: (Steve Halama/ Unsplash)

Leia mais: Fotógrafo captura baleia azul extremamente rara

Porém, depois de estudar uma pequena população no Estreito de Gibraltar, os especialistas disseram que a força das orcas para interagir com os barcos é incomum. As autoridades marítimas espanholas alertaram os veleiros para não se aproximarem das criaturas marinhas.

No entanto, os marinheiros disseram que é difícil manter distância, pois pelo menos um grupo de orcas parece estar seguindo os barcos.

Os especialistas explicaram que é muito cedo para entender o comportamento “altamente incomum” e “preocupante” das baleias assassinas. Mas, eles sugerem que as ações das orcas podem indicar que estão estressadas.

Traduzido e adaptado por equipe O Mapa da Mina.

Fonte: Tech Times

ANÚNCIO