Cinemas franceses serão reabertos em 15 de dezembro, conforme lockdown é amenizado

Os cinemas da França poderão reabrir a partir de 15 de dezembro, anunciou o presidente Emmanuel Macron esta noite em um discurso à nação. 

A segunda onda de Covid-19 do país atingiu o pico, disse Macron, e haverá um alívio geral e gradual das restrições nas próximas semanas. A cultura “é essencial”, insistiu Macron. No entanto, um toque de recolher às 21h será imposto por algum tempo.

A saída do bloqueio para os cinemas ocorre no momento em que a maioria das grandes empresas europeias foi fechada nas últimas semanas. Na segunda-feira, os cinemas na Inglaterra receberam permissão para retomar as operações na próxima semana, quando o bloqueio mais recente chegar ao fim em 2 de dezembro. Limites de capacidade serão aplicados.

Cinemas franceses serão reabertos em 15 de dezembro, conforme lockdown é amenizado
Foto: (reprodução/internet)

Os limites de capacidade para cinemas na França não foram delineados diretamente no discurso altamente antecipado de Macron, embora eles devam estar em linha com as iterações anteriores por enquanto. A França entrou em uma segunda fase de bloqueio no final de outubro, à medida que os casos de coronavírus aumentavam.

Os cinemas franceses foram originalmente fechados em março, no momento em que o país entrava em um forte bloqueio que terminou em maio. Os cinemas puderam voltar aos negócios a partir de 22 de junho.

Fique por dentro: Itália seleciona ‘Notturno’ de Gianfranco Rosi para corrida internacional do Oscar

Cinemas franceses serão reabertos em 15 de dezembro, conforme lockdown é amenizado
Foto: (reprodução/internet)

Dados até que positivos sobre a bilheteria francesa

A bilheteria teve um bom desempenho, considerando todos os fatores, durante o processo de reabertura anterior e foi auxiliada por uma mistura de títulos locais como 30 Jours Max, bem como Tenet da Warner Bros. 

As melhorias foram observadas ao longo do tempo, com outubro registrando 8,5 milhões de admissões no melhor mês em termos de vendas de ingressos desde a reabertura dos cinemas em junho. 

Isso é particularmente notável, uma vez que as ordens de toque de recolher foram colocadas em prática em meados de outubro para Paris e várias grandes cidades francesas antes que o segundo bloqueio fosse imposto. No geral, o mercado caiu 62% até o final de outubro em relação ao mesmo período de 2019.

O próximo grande título atualmente programado na França é Mulher Maravilha 1984, em 16 de dezembro. Estamos aguardando a confirmação dos planos de WB. A estrela Gal Gadot faturou US $ 16,3 milhões (não ajustados) em 2017.

Traduzido e adaptado por equipe O Mapa da Mina.

Fonte: Deadline e Variety