Essas foram as séries mais caras para serem produzidas

Imagine que você está vendo uma série super bem produzida e de repente vem à sua cabeça a seguinte pergunta: quanto é que se gasta para fazer uma produção cinematográfica como essa? Bom, a gente também passou por isso e fomos atrás das respostas.

ANÚNCIO

Só que não dá para citar todas as séries que existem. Por outro lado, temos uma curiosidade: as séries que ficaram mais caras para serem produzidas. E o mais interessante é notar que nem todas valeram a pena, já que não fizeram o sucesso esperado. Outras valeram muito a pena.

Essas foram as séries mais caras para serem produzidas
Foto: (reprodução/internet)

15 – Orange is The New Black e Hemlock Grove

Com um precinho de US$ 4 milhões por episódio, Orange is The New Black está entre as mais caras. Ela conta sobre mulheres em um presídio. Teve 7 temporadas, sendo que iniciou em 2013 e finalizou em 2019. Cada episódio é caro, mas ótimo.

Essas foram as séries mais caras para serem produzidas
Foto: (reprodução/internet)

Tanto é que é uma das séries com mais fãs no mundo todo. Ao todo foram 91 episódios.

ANÚNCIO

Já Hemlock Grove, que teve o mesmo custo, foi uma aposta da Netflix que contou com nomes de peso e um assunto diferente: terror, suspense, sobrenatural e fantasia. Ela teve um total de 33 episódios em 3 temporadas, mas não se popularizou tanto. 

14 – House of Cards

Aqui temos uma curiosidade super positiva. É uma série que gastou muito, mas foi do tipo “valeu a pena”. Tanto para produtores como para quem assistiu. Ela conta sobre a rotina de um político estadunidense.

Essas foram as séries mais caras para serem produzidas
Foto: (reprodução/internet)

É considerada a primeira série da Netflix de sucesso, sendo que rendeu 33 indicações ao Emmy para o ator Kevin Spacey. A série tem um custo de US$ 4,5 milhões por episódio.

ANÚNCIO

13 – True Blood

Uma série de vampiros não parecia ter muito sucesso até que elas começaram a ser criadas. E a aposta em True Blood foi tão grande que se estima que tenham sido gastos US$ 5 milhões para cada episódio de produção.

Essas foram as séries mais caras para serem produzidas
Foto: (reprodução/internet)

Lembrando que essa série é da HBO, sendo uma das poucas que estão fora da Netflix, em termos de séries caras. 

12 – World Without End

É uma série estrelada por Ben Chaplin que conta sobre uma época. Por isso, o gasto foi alto: fazer a reconstituição da época não é nada fácil. Ainda mais na Inglaterra, durante a Guerra dos Cem Anos. Tudo começa no início da peste negra.

Essas foram as séries mais caras para serem produzidas
Foto: (reprodução/internet)

O fato é que o custo por episódio ficou acima do esperado, assim, o orçamento ficou em US$ 5,7 milhões. E apesar de não estar na lista das séries mais vistas do mundo, a ficção histórica fez muito sucesso no Reino Unido, sendo lançada em 2008.

11 – The Big Bang Theory e The West Wing

Ambas gastaram US$ 6 milhões por episódio. A primeira é mais famosa, sendo que o valor inicial era bem menor, de US$ 2 milhões. Porém, com o pagamento dos atores que ganharam fama e uma produção mais robusta, o valor subiu significativamente.

Essas foram as séries mais caras para serem produzidas
Foto: (reprodução/internet)

A outra série é menos conhecida, sendo criada por Aaron Sorkin, ela tinha muitos cenários, uma ótima direção de arte e um vasto elenco, tudo isso ficou caro. 

10 – Altered Carbon e Camelot

A primeira série tem um viés totalmente tecnológico e isso explica os gastos de US$ 7 milhões por episódio. Ela teve duas temporadas, com protagonistas diferentes. O elenco era caro também. E o orçamento sempre estevem em sigilo, mas uma hora vazou.

Essas foram as séries mais caras para serem produzidas
Foto: (reprodução/internet)

A outra série não fez sucesso e o fracasso não representa o investimento, que também é de US$ 7 milhões por episódio. Estamos falando sobre Camelot, que foi cancelada por “motivos de agendamento”, como dizem os desenvolvedores e produtores. 

9 – The Defenders

Os Defensores, da Marvel e da Netflix, era uma aposta e tanto. Porém, a série não fez sucesso. Apesar de ter sido muito vista, ela foi muito criticada também. O resultado é que é uma série de uma só temporada e um arrependimento tremendo para os produtores.

Essas foram as séries mais caras para serem produzidas
Foto: (reprodução/internet)

Ainda mais quando a gente considera que os gastos por episódios ficaram em US$ 8 milhões. Isso para provar que tem situações que nem mesmo os super-heróis conseguem salvar, mesmo quando estão unidos, como é o caso dos Defensores. 

Por curiosidade, a série une outros personagens que tiveram séries individuais, como o Punho de Ferro, o Luke Cage, o Demolidor e a Jessica Jones.

8 – Sense8 e Roma

Com um gasto estimado em US$ 9 milhões por episódio, Sense 8 cativou muitos fãs ao redor do mundo. O motivo é que trouxe muitos temas atuais e tendenciosos, como a questão LGBT, o feminismo e até mesmo outras temáticas de inclusão. 

Essas foram as séries mais caras para serem produzidas
Foto: (reprodução/internet)

O mais legal é que teve protagonistas de várias partes do mundo, como negros, asiáticos, europeus. Para quem conhece a história, sabe que é um enredo de 8 pessoas espalhadas ao redor do mundo que são conectadas mentalmente. 

Já a série Roma, que também é da HBO, e foi considerada uma das melhores quando o assunto é o império romano foi outra que fez sucesso e teve custo alto, sendo os mesmos US$ 9 milhões por episódio da Sense8.

7 – Friends, Lost, Marco Polo e The Witcher

A gente uniu as 4 séries em um único tópico porque elas tiveram gastos por episódio muito próximos, perto dos US$ 10 milhões. A mais nova é The Witcher, que conta sobre o bruxo Geralt de Rivia. É uma série medieval baseada em jogos e com orçamento caro.

Essas foram as séries mais caras para serem produzidas
Foto: (reprodução/internet)

Marco Polo também é uma série mais atual e conta sobre o império mongol de Kublai Khan. Já Lost é uma das séries mais antigas e começou com um orçamento de US$ 14 milhões por episódio, mas foi caindo. Friends é de 1994, durou 1 década inteira, com 236 episódios.

6 – The Get Down

Aqui entra uma curiosidade bem interessante porque a série foi cancelada logo na sua primeira temporada. E, ainda assim, ele teve um valor alto, sendo US$ 11 milhões para cada episódio. Obviamente, foi isso que causou o cancelamento dela – já que não teve sucesso.

Essas foram as séries mais caras para serem produzidas
Foto: (reprodução/internet)

A série se passa nos anos de 1970 e conta sobre o hip hop e o disc music com base no olho de negros. Há ainda referências a renomados artistas da literatura e da música, que compõe o elenco. No entanto, a produção foi dedicada, mas mesmo assim com problemas. 

5 – Band of Brothers

Aqui temos outra curiosidade, já que Band of Brothers está longe de ser uma série famosa. No entanto, o drama de guerra americana ganhou vários Grammy e Globo de Ouro. Fora isso, demorou muito para ser criada, devido aos estudos de produção.

Essas foram as séries mais caras para serem produzidas
Foto: (reprodução/internet)

No fim das contas, o gasto por episódio bateu a casa dos US$ 12,5 milhões. 

4 – Stranger Things

Mais uma série que fez muito sucesso na Netflix e que custou caro é Stranger Things. A título de curiosidade, ela fez sucesso porque fazia referência à vários clássicos dos anos de 1980. Outra coisa é que teve gastos médios de US$ 12 milhões por episódios.

Essas foram as séries mais caras para serem produzidas
Foto: (reprodução/internet)

E há de se considerar que os investimentos foram aumentando conforme as temporadas foram sendo gravadas. Assim, na primeira temporada, a média foi de apenas US$ 6 milhões por episódio. 

3 – The Crown

Com um valor astronômico de US$ 13 milhões para cada episódio que era produzido, a próxima posição fica com The Crown, que é uma das séries mais incríveis da Netflix em termos de figurino, por exemplo. Ela conta a história da rainha Elizabeth II.

Essas foram as séries mais caras para serem produzidas
Foto: (reprodução/internet)

Ao todo, são 4 temporadas e o roteiro é sempre muito elogiado pelos críticos. Os maiores gastos, no entanto, estão para a produção e para a cinematografia. 

Uma curiosidade é que a série antiga, da NBC, chamada ER (Plantão Médico) também pode ter custado esse mesmo valor, de US$ 13 milhões por episódio. Porém, há uma grande discordância entre os analistas, estudiosos e toda a imprensa. 

2 – Game of Thrones

A série de TV de maior sucesso do mundo também foi uma das mais caras para ser produzida ao longo das suas 8 temporadas. A exibição ficou por conta HBO e especialistas chegaram a dizer que para cada episódio produzido, o gasto era de US$ 15 milhões.

Essas foram as séries mais caras para serem produzidas
Foto: (reprodução/internet)

Ao todo, foram 8 temporadas com 73 episódios. 

1 – The Pacific

Surpreendentemente, a gente tem a série mais caras de todas até a atualidade. Essa série foi criada logo após o sucesso de Band of Brothers, sendo que Spielberg e Hanks gastaram mais de US$ 20 milhões por episódios.

Essas foram as séries mais caras para serem produzidas
Foto: (reprodução/internet)

E não se sabe até hoje como eles convenceram a HBO a fazer isso. É um assunto de interesse histórico, já que conta sobre a II Guerra Mundial.

Séries de comédia

Também é legal dizer que a Netflix tem investido muito em séries de comédias, como stand up. Um dos investimentos foi feito para a criação da apresentação de Dave Chapelle, que custou US$ 60 milhões aos cofres da Netflix. Ele estava afastado dos palcos há 12 anos.

Outro investimento do mesmo calibre foi para o Chris Rock, que também estava distante da comédia nesse formato. Nesse caso, o valor investido foi de US$ 40 milhões para a criação do stand up.