A próxima geração de usinas será virtual

ANÚNCIO

Um número cada vez maior de residências equipadas com painéis solares e baterias tem o potencial de ajudar a fornecer energia renovável a regiões inteiras

Trabalhando juntas, as casas com instalações solares estão transformando os bairros em usinas de energia virtuais, que podem alimentar a rede e evitar apagões.

ANÚNCIO

Esses sistemas de energia solar interconectados estão surgindo em todo o mundo – de complexos de apartamentos na Califórnia e Utah a habitações públicas no sul da Austrália. No futuro, as usinas virtuais podem até ser compostas por frotas de veículos elétricos. É a próxima geração de tecnologia de energia solar.

A próxima geração de usinas será virtual
Foto: (reprodução/internet)

Leia mais: Novas baterias Tesla podem durar mais de 2 milhões de milhas, confirma estudo

As usinas de energia virtuais estão ganhando força porque resolvem alguns grandes problemas, como o envelhecimento das redes de eletricidade. Elas podem substituir usinas sujas que funcionam com combustíveis fósseis. 

ANÚNCIO

Elas também podem tornar as redes mais resistentes a desastres alimentados pelas mudanças climáticas, como furacões e incêndios florestais. Ao contrário das usinas tradicionais e até mesmo grandes parques solares, as usinas virtuais distribuem a geração de energia por uma área mais ampla – portanto, não é tão vulnerável a uma calamidade localizada.

Para se informar mais

O portal The Verge detalhou como funciona uma usina de energia virtual e o que a torna uma ferramenta poderosa nos esforços para prevenir uma catástrofe climática e manter as luzes acesas quando ocorre um desastre. Confira o vídeo abaixo para saber mais.

Traduzido e adaptado por equipe O Mapa da Mina.

Fonte: The Verge

ANÚNCIO