Kim Kardashian retorna a Los Angeles após visitar Kanye West

ANÚNCIO

Kim Kardashian voltou de sua emocional e complicada viagem a Wyoming, para visitar Kanye West, em meio a relatos de que o casal está passando por um período difícil.

Kardashian chegou a Los Angeles sozinha em 28 de julho, após uma viagem difícil, e foi vista chorando dentro de um carro ao lado de West. O rapper de permanece escondido em seu rancho em Wyoming.

ANÚNCIO

Nas fotos obtidas pelo TMZ, o casal foi visto  junto pela primeira vez desde suas recentes alfinetadas no Twitter.

(Créditos: Getty Images)

No primeiro instante, eles foram vistos olhando fixamente para fora da janela do carro, durante uma parada em um restaurante local, Wendy’s. Em outra fotografia, West e Kardashian estavam olhando para seus telefones, e notavelmente ela não parecia estar usando seu anel de casamento.

Mais tarde, novas fotografias obtidas por vários meios de comunicação, viram Kardashian visivelmente perturbada e chorando ao retornar da propriedade de West em Wyoming.

ANÚNCIO

Esse encontro entre eles, ocorre após terem discutido se divorciar “nos últimos três meses”.

“Kim não está deixando o relacionamento por causa dessa situação atual. Antes disso, nos últimos três meses, eles já estavam conversando sobre divórcio”, disse uma fonte à Us Weekly sobre o relacionamento deles. “Kim queria fazer esse casamento funcionar, assim como Kanye. Os dois ainda se amam e ainda há interesse em fazer esse casamento funcionar, mas nos últimos meses isso parecia não ser muito provável.”

(Créditos: WireImage)

Na semana passada, Kardashian pediu compaixão, enquanto seu marido lutava contra um episódio bipolar público.

Em uma série de tweets deletados desde então, o rapper alegou que sua esposa estava tentando trancá-lo. Um segundo tuíte de West se refere à própria sogra Kris Jenner como “Kris Jong-Un”, e dizendo que queria um divórcio de Kardashian.

Desde então, ele se desculpou por suas explosões na plataforma de mídia social.

“Como muitos de vocês sabem, Kanye tem transtorno bipolar”, escreveu ela. “Qualquer pessoa que tenha isso, ou tenha um ente querido nessa situação, sabe o quão incrivelmente complicado e doloroso é passar por isso”.

“Eu nunca falei publicamente sobre como isso nos afetou em casa, porque sou muito protetora com nossos filhos e com o direito de Kanye à privacidade, quando se trata de sua saúde. Mas hoje, sinto que devo comentar sobre isso por causa do estigma. e equívocos sobre saúde mental”.

(Créditos: GC Images)

“Viver com transtorno bipolar não diminui ou invalida seus sonhos e suas idéias criativas, por maiores ou impossíveis de serem alcançados. Isso faz parte de seu gênio e, como todos testemunhamos, muitos de seus sonhos vieram realmente à tona”, acrescentou.

“Nós, como sociedade, falamos em dar importância à questão da saúde mental como um todo, mas também devemos dar importância às pessoas que vivem com esse problema, nos momentos em que mais precisam de forças. Peço que a mídia e o público dê-nos a compaixão e a empatia necessárias para que possamos superar isso. Obrigada por aqueles que expressaram preocupação pelo bem-estar de Kanye, e por sua compreensão. ”

Traduzido e adaptado por equipe O Mapa da Mina.

Fontes: Celebrity Nine e US Weekly

ANÚNCIO